Descubra como é possível fazer papel com itens que tem em casa

Apesar de muita gente ainda não gostar de utilizá-lo, o papel reciclado vem ganhando cada vez mais espaço na casa das pessoas. Sendo bastante útil em diversas situações do nosso dia a dia, servindo também como matéria-prima para se fazer outros objetos, o modelo reciclável, para nossa sorte, também pode ser feito em casa, de maneira bem simples.

Utilizando itens que podemos encontrar facilmente dentro de casa, é possível confeccionar papel reciclado sem maiores problemas, de forma prática, mas que exige uma boa dose de paciência para que sua secagem aconteça da maneira correta. Se você quer aprender a fazer papel reciclado utilizando os itens da sua casa, confira o nosso tutorial no texto abaixo.

ANÚNCIO
Descubra como é possível fazer papel com itens que tem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Em nosso artigo, será possível conferir os seguintes tópicos acerca da confecção de papel reciclado:

  • De quais materiais você vai precisar;
  • Picote os papéis e tenha paciência;
  • Como dar o seu toque especial no papel;
  • Pescando o papel com a tela;
  • Entenda o porquê do papel conseguir colar de novo;
  • Uso de papel reciclado é importante para o planeta;
  • Papel reciclado pode ter diversas funções diferentes.

De quais materiais você vai precisar

Antes de mais nada, é importante saber de quais materiais você vai precisar para confeccionar o seu papel reciclável. Não são muitos, e como dissemos anteriormente, todos eles podem ser encontrados em casa, basta procurar dentro dos móveis mais antigos.

Descubra como é possível fazer papel com itens que tem em casa
Foto: (reprodução/internet)

A maioria deles pode ser encontrado facilmente, sendo que o mais difícil hoje é encontrar justamente o papel, já que, desde que a internet tomou conta de nossas vidas, a sociedade praticamente abandonou os jornais e revistas impressos.

Confira agora quais são os materiais necessários para se fazer papel reciclado em casa:

  • Papel velho (pode ser revistas, jornais ou até mesmo papel higiênico, desde que não tenha sido usado);
  • Balde;
  • Liquidificador;
  • 1 tela (caso não tenha uma em casa, é possível fazer uma de pano ou ainda utilizar uma peneira, desde que seja plana);
  • 1 bacia grande onde caiba a tela.

Picote os papéis e tenha paciência

O primeiro passo para fazer o experimento dar certo é pegar todos os papéis juntados e começar a picotar eles em pedaços pequenos. Se deixar eles em tamanho muito grande pode acabar fazendo com o que os procedimentos levem mais tempo do que o esperado.

Descubra como é possível fazer papel com itens que tem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Após isso, coloque todos eles no balde e adicione água, até que o líquido cubra todo o papel que está dentro do recipiente. Depois, você terá que esperar pelo menos três dias para voltar para os procedimentos, pois esse é o tempo necessário para que as fibras do papel se soltem.

Passado o período de três dias, confira se o papel está desmanchando, pois a textura dele é muito importante durante essa fase. Caso esteja tudo da maneira correta, já podemos pegar o liquidificador e partirmos para o próximo passo.

Botando o liquidificador para funcionar

O próximo passo é colocar o papel, junto da água, no liquidificador. É importante que você adicione o papel aos poucos, pois caso tenha muito ao mesmo tempo, o liquidificador pode não dar conta de deixar o material na textura correta.

Após bater todo o material no liquidificador, você deve obter um líquido parecido com cimento, de cor semelhante ao cinza e ao marrom. Essa parte do procedimento está correta, e já podemos começar a pensar em como fazer o papel tomar forma.

Dando o seu toque especial no papel

Após bater o líquido no liquidificador, você começará a utilizar a bacia onde a tela caiba. Derrame a mistura no recipiente e espalhe bem, adicionando água no meio. É necessário que a mistura, em conjunto com a água, tenha cerca de 10 centímetros de profundidade.

Descubra como é possível fazer papel com itens que tem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Após isso, para dar uma diferenciada do seu papel reciclável para os outros, você pode adicionar alguns itens para personalizar o objeto. Pétalas de flores, além de glitter ou qualquer outro adereço do tipo podem ser adicionados.

Com todos esses processos realizados, já será possível ir para o último passo do experimento. Para isso, será necessário pegar a tela e começar a se preparar para pescar a massa de papel, pois é aqui que o seu papel vai começar a tomar forma.

Pescando o papel com a tela

O próximo passo é complicado, mas muito divertido de ser feito. Mergulhe a tela na mistura feita, e suba ela deixando o líquido de maneira uniforme em cima dela, para que nenhum lado do papel fique mais grosso do que o outro.

Descubra como é possível fazer papel com itens que tem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Vale destacar que é recomendado que, ao mergulhar a tela na água, mexa um pouco elas antes de subir, pois com as fibras se mexendo, as chances de se ter sucesso na confecção do papel aumentam. Após isso, o papel já está quase pronto.

Após conseguir colocar a mistura de maneira uniforme na tela, basta colocar ela para secar para que o papel esteja quase pronto. É recomendado que deixe a peça secar por pelo menos um dia, para que as fibras se firmem bem durante esse período.

Retirada do papel deve ser feita com delicadeza

Após a secagem, só será necessário soltar o papel da tela para que ela possa ser utilizado normalmente. No entanto, o processo exige delicadeza, já que, muitas vezes, após todos os procedimentos terem sido feitos, as pessoas acabam rasgando o papel sem querer.

Por isso, muita calma na hora de puxar o papel, e comece pelas pontas, para que garantir que nada será rasgado. Depois de conseguir descolar a folha da tela, o seu produto já está pronto para ser utilizado, e você já pode começar a fabricar mais para ter sempre que precisar.

Afinal, o papel tem cola própria?

Muitas pessoas, ao realizarem o procedimento, ficam se perguntando se o papel tem cola própria ou não, afinal, depois de rasgados, eles não poderiam voltar a se unir de novo. No entanto, a resposta disso tudo está na celulose, responsável por fazer a junção dos elementos novamente.

Descubra como é possível fazer papel com itens que tem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Os polissacarídeos são o que formam o papel inteiro, porém, quando rasgamos ele no início do procedimento, acabam se rompendo. Para que eles se unam de novo, é necessário que ocorra uma ligação de hidrogênio, o que faz com que as fibras tomem a forma do papel.

A ligação de hidrogênios ocorre graças aos elementos envolvidos em cada uma das moléculas, que acabam se atraindo pelas moléculas vizinhas, até se unirem novamente com todas as moléculas próximas, formando o papel novamente.

Tensão superficial da água também ajuda

A ligação de hidrogênio também acontece nas moléculas de água, e essa atração é tão forte, que se cria uma tensão superficial imensa, a ponto de que é possível até mesmo se colocar uma moeda na superfície de um copo e ela boiar.

Por isso, quando todas as moléculas se unem com mais firmeza, o papel acaba se fixando novamente, voltando a ser útil novamente. Isso é excelente para o meio ambiente, sendo uma boa maneira de ajudar nosso planeta contra o desmatamento.

O uso de papel reciclado é importante para o planeta

O uso de papel reciclado é de extrema importância para o nosso planeta, já que sua confecção agride muito menos o meio ambiente, e sabemos que o desmatamento, infelizmente, está acabando com nossas florestas. De acordo com o Inpe, o desmatamento na Amazônia cresceu 34% apenas entre agosto de 2019 e 2020.

Descubra como é possível fazer papel com itens que tem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Por isso, é muito importante fazermos nossa parte como cidadãos e diminuirmos o impacto causado no meio ambiente. Uma das maneiras de se fazer isso é promovendo o uso consciente da água, que está ligada também à produção de papel reciclado.

Se você está querendo se convencer a começar a utilizar papel reciclado, confira algumas das maiores vantagens de adotar o modelo:

  • Gasto de energia na produção é menor;
  • Se gasta menos água;
  • Emissão de carbono nas fábricas que produzem papel reciclado é menor;
  • O mesmo papel pode ser reciclado até 5 vezes, logo, diminui a quantidade de resíduos nos aterros sanitários, pois o lixo gerado é menor.

Papel reciclado pode ter diversas funções diferentes

Se engana quem acha que o papel reciclado serve apenas para desenho ou estudo, já que o material pode exercer diversas outras funções durante nosso dia a dia, sendo utilizado até mesmo para a confecção de sacolas, com elas sendo bem resistentes.

Descubra como é possível fazer papel com itens que tem em casa
Foto: (reprodução/internet)

Esse é outro motivo para começar a adotar o papel reciclado no seu dia a dia, já que, caso esteja precisando fazer uma caixa de papelão, por exemplo, ele pode ser utilizado como matéria-prima para isso.

Confira agora alguns dos objetos que são possíveis de serem feitos utilizando apenas papel reciclado:

  • Papel higiênico;
  • Toalhas de rosto;
  • Guardanapos;
  • Caixa de papelão;
  • Sacolas;
  • Embalagem para ovo;
  • Papel para impressão.

Muito útil e te ajuda a contribuir para o futuro

O papel reciclado pode ser muito útil, e além disso, também ajuda a contribuir para o futuro do nosso planeta. Apesar de toda a ajuda dada, é necessário frisar que a compra do papel do tipo é mais cara do que a do modelo tradicional, o que acaba afastando muita gente.

No entanto, nós já te ensinamos a fazer o papel utilizando os itens de dentro de casa, logo, não será necessário arcar com esses gastos. Aproveite a oportunidade e poupe dinheiro para o futuro, além de garantir que amanhã estaremos em um planeta mais saudável.

ANÚNCIO