Como fazer brinquedos caseiros para o seu pet

A diversão do pet é a nossa diversão. Por isso, ver eles correndo e brincando é sempre um sinal de saúde e de vitalidade. Até mesmo os mais quietinhos gostam de brincadeiras ou objetos que são verdadeiras distrações, até mesmo para os dias mais monótonos e chatos. 

ANÚNCIO

Por outro lado, a gente sabe que nem sempre é possível investir nos mais variados tipos de brinquedos. Sem contar que nem sempre é fácil acertar no brinquedo favorito dos pets. Então, uma primeira ideia passa a ser a de criar os próprios brinquedos para pets. Já pensou nisso?

Como fazer brinquedos caseiros para o seu pet
Foto: (reprodução/internet)

Para quem quiser ter ideias sobre esses brinquedos, leia:

ANÚNCIO
  • Os brinquedos com garrafas pet;
  • Os brinquedos com cordas;
  • Os brinquedos de borrachas;
  • Os brinquedos com tecidos;
  • O que não fazer de brinquedos para o seu pet.

Os brinquedos com garrafas pet

A primeira dica, que também é a mais tradicional, tem a ver com a criação de brinquedos que são feitos a partir do uso de garrafas pet. Isso é bom por vários motivos, a se começar por ser algo barato e muito sustentável. Então, vale a pena considerar essa possibilidade inicial. 

Como fazer brinquedos caseiros para o seu pet
Foto: (reprodução/internet)

Atualmente, alguns vídeos estão circulando na internet e trazem um brinquedo econômico para pet que estimula também outros sentidos, além da diversão. O passo a passo mostra como usar uma garrafa pet para estimular os animais a irem em busca do próprio alimento.

ANÚNCIO

Basicamente, o processo todo é muito simples: basta fazer furos na garrafa e inserir rações lá dentro. Logo, para se alimentar, o bicho vai se virar com a garrafa, literalmente. O brinquedo é barato e estimulante para que eles usem formas diferentes de procurar comida. 

Outras ideias de brinquedos com garrafas pets

Para quem gostou da ideia de reciclar e criar, considere que também dá para reaproveitar as garrafas pets para criar outras soluções. Ao usar uma meia velha, é possível envolver a garrafa. Então, aí se amarra as laterais com um barbante ou um tecido entrelaçado. 

Logo, o animal poderá morder o plástico sem se machucar. Muitos veterinários até recomendam essa prática para os filhotes, que estão trocando a dentição. Com as tampinhas das garrafas, dá para fazer furinhos e interliga-las com barbantes, fazendo um tipo de trilho.

Os brinquedos com cordas

Uma próxima ideia de brinquedos para pet vem das cordas. Sim, se você pensou no cabo de guerra, acertou em cheio porque uma grande maioria dos cães adoram isso. A boa notícia é que possível usar cordas de vários tipos, tamanhos e formatos.

Como fazer brinquedos caseiros para o seu pet
Foto: (reprodução/internet)

Aliás, nem precisa ser propriamente uma corda. Para pets de pequeno porte, usar uma camiseta velha ou um pedaço de pano pode ser uma alternativa. Assim, basta trançar ela de modo que fique mais resistente e começar a praticar o esporte, que já foi olímpico. 

Curiosamente, já que tocamos no assunto, vale a pena dizer que os tecidos das camisetas e outras roupas são mais suaves. Portanto, mais recomendáveis para os bichos. Assim, eles possuem menos chances de se machucarem.

Os brinquedos de borrachas

Sempre que a gente pensa em brinquedos de borracha, o que vem à sua cabeça? Os pneus velhos, correto? De fato, é uma boa ideia para criar inovações para os pets. Até mesmo porque esses animais de estimação adoram morder, sendo algo natural deles.

E é melhor morder um brinquedo feito de pneu do que um móvel de madeira, não acha? Brincadeiras à parte, considere que existem várias formas de substituir aquelas galinhas de borracha ou os mordedores fabricados para pets com o que a gente tem em casa.

O importante é considerar que esses materiais devem ser resistentes, a ponto de que não se soltem e machuquem os bichos. Aliás, essa mesma dica vale para quem vai usar papéis ou papelão para fazer o brinquedo para os animais.

Os brinquedos com tecidos

Já ouviu falar da bola com rabicho? Então, esse brinquedo pode ser criado a partir de poucos materiais, como uma bola de tecido, linha e agulha. Assim, com menos de R$ 5 dá para fazer um brinquedo divertido que os cães e, inclusive, os gatos adoram.

Como fazer brinquedos caseiros para o seu pet
Foto: (reprodução/internet)

Além da bola com rabicho, que falamos agora mesmo, também é possível criar outros objetos de tecidos para os pets. Na internet, a gente encontrou uma dica sobre a centopeia, que é feita a partir de enchimentos, linha, agulha e muito pano velho.

Ao longo de todo esse conteúdo, a gente vai acabar falando de brinquedos feitos com bolas. Aqui vem uma ideia, dá para pegar uma camiseta antiga ou pedaços de restos de corda. Então, faça o número 4 com as mãos, enrole as cordas em volta dos dedos e entrelace as pontas.

Outros brinquedos com camisetas velhas

Isso vai fazer com que se formem pequenos nós. Ao continuar o processo, a gente terá uma bolinha feita com o tecido. Essas técnicas parecem complicadas, mas é bem tranquila, ao passo que em vídeos dá para aprender mais facilmente. 

Os brinquedos de pelúcia

Como estamos falando de tecidos, é possível que a gente já tenha pensado, ao menos uma vez na vida, em dar um urso de pelúcia para os pets, correto? Mas, será que pode? Na verdade, eles adoram esse tipo de brinquedo. 

Como fazer brinquedos caseiros para o seu pet
Foto: (reprodução/internet)

O que muda é o fato de que alguns animais podem ter alergia a esse tipo de tecido, o que não é comum. E também se recomenda que se faça uma boa escolha, pensando naqueles que são mais lisos e vão garantir que a boca do pet não fique cheia de pelos, por exemplo.

Um ponto positivo é que dá para fazer o próprio bicho de pelúcia ou dá para usar aqueles que não servem mais e estão no guarda-roupa a muito tempo. Assim, basta fazer uma atualização dele, com lavagens, costuras e ajustes para que se torno um novo brinquedo. O que acha?

A caça ao tesouro

Para terminar as dicas de brinquedos criativos para pets, considere que a caça ao tesouro é o mais fácil de todos e o que mais permite o uso de diferentes materiais. Qual é a ideia? Fazer com que o pet vá atrás do seu alimento, como falamos no caso da garrafa pet.

Nesse caso, pense em um gato. Então, ao usar uma bandeja de ovos (vazia), dá para colocar um pouco de ração em cada um dos espaços vazios. Assim, o gato terá que tirar o alimento dali com a pata ou vai tentar comer, de modo que funciona como um comedouro lento.

É uma distração e tanto em busca de alimentos. Outra ideia é pegar uma toalha velha e ir adicionando as rações conforme vai enrolando ela. Assim, o gato precisará desenrolar para que se chegue ao alimento. E ele vai conseguir pelo olfato, pode ter certeza.

O que não fazer de brinquedos para o seu pet

Antes de terminar o conteúdo, também nos sentimos na obrigação de trazer aqui uma parte importantíssima para quem está com ideias de brinquedos para pet. Existem algumas recomendações do que não se deve fazer durante esse processo criativo. Veja só!

Como fazer brinquedos caseiros para o seu pet
Foto: (reprodução/internet)

Jamais deve-se utilizar de objetos pontiagudos e o motivo é óbvio: isso pode machucar os animais de estimação. Assim sendo, mesmo que esse objetivo esteja protegido em um primeiro momento, saiba que é arriscado demais porque pode ferir ele de alguma forma.

Além disso, tome muito cuidado com aqueles itens que são pequenos demais e podem ser engolidos por eles. Por exemplo, na hora de fazer brinquedos com garrafa pet, certifique-se se a tampinha não poderá ser deslocada ou engolida por eles.

Outras dicas do que não fazer para os pets

Além das dicas acima, leve em conta que pensar no animal antes de tudo também é uma boa ideia. Por exemplo, um erro comum é querer fazer os brinquedos para pets mais fáceis, mas sem levar em conta a proporção disso para com o animal. A gente explica.

Uma bola no tamanho de uma bola de basquete não seria ideal para um Lulu da Pomerânia, concorda? Ao mesmo tempo, uma bola de tênis pode ser mais interessante. A ideia é que o objetivo criador não seja tão grande e nem tão pequeno para o bicho.

Por fim, saiba que reaproveitar materiais para criar brinquedos caninos e para os gastos é uma ótima ideia, mas que exige cuidado. Isso porque os itens mais desgastados ou usados podem estar comprometidos, como ter uma parte quebrada ou solta. Cuidado com isso.

A importância dos brinquedos para os pets

Como anunciamos lá no começo do texto, os brinquedos podem ser ótima forma de os pets interagirem com o ambiente. Em alguns casos, é uma medida totalmente legal até mesmo para que eles queimem caloria e evitem a obesidade animal ou outras doenças de sobrepeso.

Há estudos no mundo todo que também provam que os brinquedos podem ser formas inteligentes de os pets tratarem de sintomas de doenças mentais, como ansiedade e estresse. Ou seja, há um monte de motivos para investir na criatividade e criar os brinquedos para pets.