Aprenda essas receitas e saiba como fazer soro caseiro

O soro caseiro é uma ótima mistura, que pode ser feita em casa usando água como base. O resultado é uma bebida que é ótima para o tratamento ou a prevenção da desidratação, que pode ser causada por diarreias ou vômitos frequentes. 

A boa notícia é que esse tipo de soro caseiro, dependendo dos produtos que forem usados nas receitas, podem ser para adultos e crianças ou até animais. Atualmente, existem várias formas de fazer o soro caseiro de maneira simples. Então, conheça algumas delas abaixo.

ANÚNCIO
Aprenda essas receitas e saiba como fazer soro caseiro
Foto: (reprodução/internet)

A história do soro caseiro

Antes de falar dessa solução que pode ser feita em casa, vale a pena conhecer um pouco mais da história porque isso é motivador para quem tem dúvidas sobre a eficácia do soro. A composição é simples: água, sal e açúcar, na maioria das vezes.

Aprenda essas receitas e saiba como fazer soro caseiro
Foto: (reprodução/internet)

Logo, não há ingredientes químicos ou industrializados que são desconhecidos das pessoas. No Brasil, ela é uma solução comum desde 1970, sendo que foi importante para contribuir com a redução da mortalidade infantil que era causada pela desidratação no mundo inteiro.

E a ideia é tão valiosa que em casa você pode fazer a receita usando a colher que tem na cozinha, como a de sopa e a de café. No entanto, alguns postos de saúde públicos também fazem doações de colheres medidoras que possuem um padrão exato das medidas. 

O soro caseiro tradicional

O que será preciso? Apenas água filtrada, fervida ou a engarrafada (mineral). Também entra na lista de ingredientes: açúcar e sal. Mas, quais as proporções? 1 litro de água para 1 colher de sopa de açúcar e 1 colher de café de sal. Somente isso.

Aprenda essas receitas e saiba como fazer soro caseiro
Foto: (reprodução/internet)

Aí, os próximos passos são: misture tudo e beba. Agora, por que será que o soro caseiro tradicional tem sido substituído por outras receitas? Pelo fato de que ele acaba não sendo tão saboroso como poderia. Logo, algumas pessoas até têm ânsia de vômito. As medidas são:

  • 3,5 gramas de sal;
  • 20 gramas de açúcar refinado;
  • 1 litro de água filtrada.

A partir disso vem as dicas, como beber aos poucos, mas em várias vezes ao dia. No entanto, vale lembrar que a bebida deve ser tomada no prazo máximo de 24 horas após o preparo. Ou simplesmente procurar uma receita que seja mais digestiva para cada pessoa.

O soro caseiro com limão

Para quem não gosta do sabor da água com sal e açúcar, a ideia de acrescentar o limão pode fazer sentido. Afinal, o limão tem um gosto mais forte e fácil de ser sentido, além do fato de que adiciona novos e mais nutrientes na bebida, como fibras e proteínas. 

Aprenda essas receitas e saiba como fazer soro caseiro
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, vale a pena considerar que novas medidas devem ser pensadas aqui. Inclusive, quem faz essa receita de soro caseiro com limão diz que vale a pena fazer em grande quantidade para ingerir ao longo do dia. Então, pegue essas medidas. 

Você vai misturar 1 litro de água com sucos espremidos de 4 limões, além de 1 colher de sopa de açúcar refinado e de 1 colher de café de sal. Aí o restante é bem fácil: misturar tudo e a bebida está pronta. Mas, ela deve ser consumida em até 12 horas e rende 1 litro.

O soro caseiro com laranja

Nesse caso, é possível que todo mundo saiba como fazer o soro caseiro com laranja. Afinal, basta trocar os limões pela laranja e pronto. No entanto, é importante considerar que isso vai dar um aumento calórico na bebida. 

Aprenda essas receitas e saiba como fazer soro caseiro
Foto: (reprodução/internet)

A laranja é uma fruta cítrica que tem muita frutose, que vai colaborar com o feito da bebida no corpo, combatendo a desidratação. No entanto, também é importante que todos saibam que isso aumenta os níveis de açúcar no sangue.

Por isso, a bebida, com o acréscimo de laranja, passa a não ser uma das melhores opções de soro caseiro para diabéticos e outras pessoas com doenças. O mesmo vale para quem acha que pode misturar o soro com refrigerantes, o que é uma péssima ideia por vários motivos. 

O soro caseiro com banana

Se por um lado não é legal substituir o açúcar pelo adoçante e nem mesmo usar refrigerantes nessa bebida, saiba que a banana amassada pode ser uma boa ideia. Só que nesse caso, o soro se transforma em um tipo de vitamina para hidratar. 

Aprenda essas receitas e saiba como fazer soro caseiro
Foto: (reprodução/internet)

O motivo é que a banana contém muito potássio, o que atua como eletrólito, o que é ótimo para esse tipo de função, de combate a desidratação. Mas, vale lembrar que nem todos vão gostar do sabor. De toda forma, vale a pena experimentar. 

A banana tem lipídios, aminoácidos e vitaminas, além do potássio, o que faz dela uma das melhores frutas para esse tipo de tratamento. Assim, ajuda na reposição de vários nutrientes tanto é que é muito usada na hidratação dos fios capilares. 

Como não exagerar no consumo de soro caseiro

Para quem está desidratado e quer cuidar disso logo, precisa tomar cuidado. O excesso desse soro também pode fazer mal devido aos seus elementos, como sal e açúcar. Então, além de saber as medidas de preparo também vale a pena se atentar à quantidade ingerida.

Aprenda essas receitas e saiba como fazer soro caseiro
Foto: (reprodução/internet)

Conforme os médicos e os órgãos de saúde, a conta é bem simples: 10 ml por quilo de peso. E isso pode acontecer logo após os vômitos ou diarreias. Nas crianças, a conta é de 50 ml por quilo de peso a cada 4 horas. Uma criança de 10 quilos poderia ingerir 500 ml de soro.

Mas, como nem sempre é fácil fazer essa conta toda, considere que por esse motivo existem os sais que são vendidos em farmácias. Eles são muito mais práticos de serem ingeridos, apesar de terem um custo maior do que a fabricação própria do soro. Veja mais. 

Os sais para reidratação oral

Também é importante saber que caso as pessoas não se adaptam aos soros feitos em casa, elas também podem recorrer aos produtos vendidos de forma comercial. Por exemplo, os sais para reidratação, facilmente encontrados em farmácias. 

Aprenda essas receitas e saiba como fazer soro caseiro
Foto: (reprodução/internet)

Alguns produtos possuem uma tabela de ingredientes básica, com sais e glicose. Assim, a dose deve ser misturada na água mineral e logo fica pronto para beber. Muita gente prefere esse tipo de produto por ter sabores aromatizantes, o que melhora o sabor da bebida. 

Alguns médicos e farmacêuticos também falam em TRO, que é a sigla para Terapia de Reidratação Oral, o que nada mais é do que esse fluido que repõe nutrientes causados pela desidratação. Em hospitais, esse tipo de reposição pode acontecer por sondas nasogástricas.

Os sucos valem como bebidas para combate da desidratação 

É importante saber que o soro caseiro e os TROs são muito mais recomendados por trazerem mais benefícios visando o fim da desidratação. No entanto, em países tropicais, como o Brasil, os sucos naturais podem sim ser vistos como mocinhos dessa história.

Aprenda essas receitas e saiba como fazer soro caseiro
Foto: (reprodução/internet)

Afinal, eles são compostos de água e isso auxilia no tratamento. Tanto é que o suco é recomendado para esportistas e pessoas que perdem muito suor e água durante o dia a dia. Mas, saiba que nem sempre tomar suco vai resolver. Em casos mais graves, eles não bastam.

Enquanto isso, isotônicos e refrigerantes não são tão aconselháveis assim. Os primeiros, se ingeridos em excesso, podem causar hipernatremia, que é o aumento do sódio no organismo. Já o outro, também em excesso, causa a hiperglicemia, que é o aumento de açúcar no sangue.

O que não consumir durante uma desidratação

Por outro lado, se os soros caseiros são ótimas opções para tratar a desidratação, saiba que existem alimentos e bebidas que devem ser evitados. Por exemplo, as bebidas alcoólicas, que aumentam a produção de urina e prejudica ainda mais quem está desidratado.

Aprenda essas receitas e saiba como fazer soro caseiro
Foto: (reprodução/internet)

Na parte da alimentação, as comidas que levam salsa, sementes de aipo, dente de leão e agrião também não são bons. Assim como carboidratos, que absorvem água no corpo. Exceto os integrais, que podem ter grandes quantidades de água nas suas porções. 

Os leites e seus derivados também entram na lista do que não consumir nesse momento. Apesar das proteínas que possuem, eles são bem indigestos para esse momento e não vão hidratar o corpo como as outras bebidas citadas acima. Então, vale a pena evitar.

Outros ingredientes para o soro caseiro

Além da receita com limão, laranja e banana, também é possível notar que outros ingredientes podem ser usados nessa bebida porque alteram o sabor dela e podem auxiliar ainda mais no tratamento. Por exemplo, o mel. Ele pode ser diluído no soro e adoça bastante a bebida. Mas, o mel não é um substituto do açúcar e sim um complemento dele.

Já a água de arroz cozido é uma opção bastante antiga. Há quem diga que ela fica com os nutrientes do arroz e por isso é uma super água. E tudo bem, se a gente considerar que a água estará fervida. Mas, lembre-se que nesse caso aromatizar a bebida pode ser essencial.

ANÚNCIO