8 alimentos que podem desenvolver alergias

ANÚNCIO

Eles podem causar sintomas como coceiras, inchaço, dor abdominal, congestão nasal, vômito, tontura e, em alguns casos mais graves, a anafilaxia, que pode ser fatal.


Por incrível que pareça, alergias alimentares são comuns. Cerca de 6% a 8% das crianças menores de 3 anos são afetadas por alergias alimentares e, aproximadamente, 3% dos adultos.

Muitas pessoas confundem a alergia alimentar com a intolerância, sendo que intolerância causa desconforto e a alergia é uma reação do sistema imunológico a certos alimentos, ocorrendo após o alimento ter sido ingerido.

ANÚNCIO
alergias
Foto: (reprodução/internet)

A alergia acontece porque o organismo reconhece algumas proteínas como prejudiciais à saúde e, para proteger o corpo, coloca uma série de medidas em ação, entre elas, a liberação da histamina, que causa inflamação.

Os sintomas mais comuns de alergia são: coceiras, inchaço, dor abdominal, congestão nasal, vômito, tontura e, em alguns casos mais graves, a anafilaxia, que pode ser fatal.

Qualquer alimento pode causar alergia, até os que ingerimos normalmente. Porém, temos uma lista de 8 alimentos que são os alérgenos mais comuns:

ANÚNCIO

1 – Ovos

Este alimento causa bastante alergia, especialmente em crianças. E as reações começam a desaparecer conforme vai chegando a adolescência.

Os sintomas mais comuns dessa alergia são: urticária (manchas vermelhas na pele), congestão nasal, vômito e outros problemas digestivos. Quanto mais cozido ou processado o ovo, menores chances de ocorrer uma reação alérgica.

2 – Leite

Também é mais comum crianças menores terem alergia ao leite do que adultos. O leite que mais causa alergia é o de vaca. Porém, leite de outros mamíferos também podem causar reações alérgicas.

Os sintomas alérgicos deste alimento podem causar até anafilaxia, podendo ser fatal. A pessoa pode sentir coceira na boca, inchaço, dificuldade para respirar, vômito, etc. A alergia desaparece por volta dos 5 anos de idade.

3 – Amendoim

É uma comida que causa muita alergia e é comum. Quantidades pequenas ou até pouco contato podem causar anafilaxia. Alguns sintomas são: rinite, reações na pele, formigamento na boca e garganta, falta de ar e problemas digestivos.

Algumas crianças sofrem dessa alergia e melhoram os sintomas. Porém, eles podem voltar no futuro.

4 – Frutas secas

Alergia à frutas secas (nozes, castanha de caju, pistache, avelã, semente de girassol, etc.) é um tipo de alergia muito comum em crianças e adultos, devido à quantidade de proteínas que tem nesses alimentos.

A alergia tende a persistir, sendo raro que desapareça completamente. Quem tem alergia a amendoim pode ter também à nozes, já que são as mesmas proteínas.

5 – Soja

Essa alergia costuma aparecer quando ainda criança. A maioria supera, conforme vai crescendo. Urticária, coceira na boca, pele vermelha, dor abdominal e inchaço são os sintomas mais comuns.

Pessoas que são alérgicas à soja devem ter muito cuidado, pois há diversos alimentos que contêm soja em sua composição.

6 – Peixe

Depois do leite e o ovo, peixe é o alimento mais comum que pode causar alergia em crianças. É possível que os sintomas desapareçam ao longo dos anos, mas é normal persistir.

Uma pessoa que é alérgica a peixe não quer dizer que é necessariamente alérgica a outros frutos do mar. A recomendação é de não comer peixe em geral, mesmo sendo alérgico a alguns tipos e outros não.

Os sintomas dessa alergia são leves, como diarreia e vômitos. Porém, podem ser levados a episódios de anafilaxia e serem fatais.

7 – Mariscos (crustáceos e moluscos)

Algumas pessoas podem ter alergia a todos ou apenas a alguns dos mariscos.Em muitos casos, a alergia pode ser confundida com intoxicação alimentar.

No verão, as alergias são mais comuns, pois, como há algas no mar, o marisco não destrói o veneno que eles absorvem do mar. Esta alergia pode durar a vida inteira.

8 – Glúten

A doença é uma reação à proteína encontrada no trigo, cevada e centeio.Geralmente, a reação alérgica está ligada a problemas no intestino e podem variar muito, mas os mais comuns são: desconforto abdominal, náusea, vômito, gases, constipação e diarreia.

A melhor forma de evitar reações alérgicas é sabendo quais alimentos causam isso e cortá-los da dieta.

ANÚNCIO