Investir na Bolsa de Valores está ao alcance de todos

ANÚNCIO

Investimentos em Bolsas de Valores vêm se tornando um assunto muito abordado pelos economistas. Porém, é necessário compreender como funciona o mercado de ações.                                           

O investimento em ações é muito interessante para pessoas que possuem boas estratégias e sabedoria para lidar com os riscos. Geralmente, pessoas pensam que o mercado de ações é restrito. Porém, atualmente, qualquer pessoa pode investir. 

ANÚNCIO
bolsa
Foto: (reprodução/internet)

É necessário ter um conhecimento prévio acerca da Bolsa de Valores, principalmente se você tem a pretensão de investir recursos, entender o funcionamento do mercado financeiro e quais as possibilidades oferecidas por ele.

Quem pode investir na Bolsa de Valores?

Hoje em dia, qualquer pessoa pode investir na bolsa de valores. Mas é necessário abrir uma conta em uma corretora, de preferência, que já esteja há um bom tempo no mercado, pois ela irá intermediar as compras e vendas de suas ações. 

Um novo método surgiu recentemente, chamado de Home Broker, que permite que o investidor possa realizar a operação em sua casa, através de uma plataforma virtual, de forma tranquila. A corretora também tem a função de sugerir formas de investimentos ideais para o investidor. 

ANÚNCIO

Para pessoas que buscam investimentos mais seguros, o ideal é a longo prazo. Caso contrário, também existem investimentos a curto prazo, para aqueles que buscam o dinheiro de forma rápida e assumem alguns riscos dentro do mercado de ações. 

Qual é o valor necessário para começar?

Não é necessário ser milionário para investir. Porém, há um valor mínimo para aqueles que pretendem começar a investir. Este método é importante para que você obtenha resultados satisfatórios e por questões de segurança. 

É possível ter bons resultados a partir de R$ 5 mil. Tudo irá depender de suas estratégias, juntamente com a instituição escolhida, que seja habilitada a realizar investimentos pela Comissão de Valores Imobiliários (CVM). 

Poucas pessoas sabem, mas já é possível realizar investimentos na Bolsa sem mexer na renda fixa. Se o investidor possuir títulos públicos, crédito de depósito bancário ou até mesmo ações, você pode usar o recurso como margem de garantia. 

Se você possui dinheiro aplicado no Tesouro Direto, você pode utilizá-lo para investir em contratos futuramente. Esta é uma das formas de fazer seu dinheiro render até duas vezes. Você também pode usar o dinheiro para investir em outras entidades, dólar, cafés, etc. 

Há algum risco?

Entender o mercado financeiro significa estar ciente de que é muito dinâmico. Uma ação pode valorizar bastante ou despencar seu valor com muita rapidez. Por isso, a maioria dos investidores prefere a agilidade. 

Nessas horas, o Home Broker te ajudará a ficar de olho no mercado e não desperdiçar as chances de investimentos. 

Já existem também plataformas que funcionam no aparelho celular, possibilitando que você acompanhe seus investimentos de onde estiver e aproveite caso surja alguma oportunidade.

A Bolsa de Valores não depende de sorte. Se você apostar apenas nisso, as chances de se decepcionar são maiores. 

Não é possível prever quando uma ação vai cair ou subir, mas existem ferramentas no próprio mercado que auxiliam no monitoramento das tendências. Estes indicadores ajudam a definir o cenário de maior probabilidade no mercado.  

ANÚNCIO