Apenas 10 sistemas fluviais contribuem com até 95% do plástico nos oceanos

Apenas 10 sistemas fluviais contribuem com até 95% do plástico nos oceanos
Foto: (reprodução/internet)

Por décadas, sabemos que os plásticos que jogamos fora – garrafas de água vazias e sacolas de supermercado, por exemplo – poluem nossos oceanos. Todos os anos, cerca de 8,8 milhões de toneladas (8 milhões de toneladas métricas) desse material acabam no azul profundo do mar, colocando em risco os ecossistemas marinhos.

ANÚNCIO

Obviamente, a ação é necessária. Mas antes que possamos restringir a tendência, devemos primeiro descobrir como o lixo plástico viaja para o mar. De acordo com algumas novas descobertas, a maior parte pode estar pegando uma carona pelos rios do mundo.

Um estudo abrangente sobre este tópico aparece na última edição da revista Environmental Science and Technology. A pesquisa foi realizada por uma equipe alemã sob a liderança do hidrogeólogo Christian Schmidt.

Numerosos estudos anteriores relataram quanto plástico é geralmente transportado por vários rios. A equipe de Schmidt examinou esses papéis e encontrou uma “correlação definitiva” entre a forma como as pessoas que vivem perto de qualquer bacia de drenagem gerenciam seus resíduos de plástico e quanto desse lixo vai parar no rio local.

Veja também: O que está por trás das pedras preciosas ‘chovendo’ do vulcão Kilauea

Uma bacia de drenagem (também conhecida como bacia hidrográfica) é uma área de terra na qual a água da chuva é enviada morro abaixo para uma saída comum, como um rio. Não é novidade que, quando há muito lixo ao redor de um deles, seu curso d’água sofrerá.

Os pesquisadores determinaram que o tamanho de um curso d’água também influencia a carga de plástico que ele carrega. Em relação aos rios pequenos, os grandes contêm uma quantidade desproporcionalmente alta de plástico por metro cúbico de água.

Isso explica outra das descobertas feitas pela equipe de Schmidt: os 10 sistemas de rios da Terra com a maior concentração de detritos plásticos são todos grandes e estão localizados em áreas densamente povoadas onde o lixo é comum.

ANÚNCIO

Dois estão na África (Nilo e Níger), enquanto os outros oito residem na Ásia (Ganges, Indo, Amarelo, Yangtze, Hai He, Pérola, Mekong e Amur). Pelos cálculos dos cientistas, esses 10 corpos sozinhos são responsáveis ​​por impressionantes 88 a 95% de todo o plástico que está sendo canalizado para o oceano.

“Reduzir pela metade a entrada de plástico das áreas de captação desses rios já seria um grande sucesso”, disse Schmidt em nota à imprensa.

“Para isso, será necessário aprimorar a gestão de resíduos e conscientizar a população para o problema. Esperamos que nosso estudo contribua para um desenvolvimento positivo para que o problema do plástico em nossos oceanos possa ser contido a longo prazo.”

Traduzido e adaptado por equipe Conhecimento Agora

Fonte: HowStuffWorks