PIS/Pasep: quem não sacar o abono perderá o direito ao benefício

O PIS/Pasep é um direito de todos os trabalhadores, contudo é importante ficar atento às datas e prazos para receber este abono, pois quem não sacar poderá perder o direito ao benefícios. Se o dinheiro não for sacado, o trabalhador poderá perder o direito ao abono.

Os pagamentos serão realizados por meio de crédito em conta na Caixa Econômica Federal, ou com o uso do Cartão Cidadão e senha nas Lotéricas, Caixa Aqui e terminais de Autoatendimento ou nas agências do banco.

ANÚNCIO

Todo valor que não é sacado pelo cadastrados é passado para o Fundo de Apoio ao Trabalhador (FAT). Este fundo foi criado para arrecadar dinheiro para projetos relacionados à programas de desenvolvimento econômico do país.

PIS/Pasep
Foto: (reprodução/internet)

Saiba mais sobre esse benefício e saiba como não perder o seu direito ao benefício.

Entendendo melhor sobre os direitos

O PIS/Pasep é, teoricamente, um direito de todos os trabalhadores, mas alguns servidores não têm direito ao benefício. Confira na lista quem não tem direito ao abono do PIS/Pasep:

  • Quem trabalhar em zona urbana ou rural e estiver vinculado a algum empregador que seja Pessoa Física;
  • Quem exercer cargo de diretor e não possuir vínculo empregatício algum. A regra é válida até mesmo para aqueles casos e que a empresa quis fazer o depósito do FGTS;
  • Funcionários domésticos;
  • Menores aprendizes.

Já aqueles que trabalharam de forma legal (com carteira assinada) por 30 dias, no mínimo, em 2018, ganhou dois salários mínimos no máximo e possui inscrição no PIS/Pasep há cinco anos, ao menos, terá direito ao abono.

Como ter acesso ao PIS/Pasep

O PIS é pago pela Caixa Econômica Federal e é destinado aos funcionários de empresas privadas. Já o Pasep é destinado à funcionários públicos e é pago pelo Banco do Brasil.

Para receber o PIS é necessário ir até um terminal de autoatendimento da Caixa ou mesmo nas lotéricas Caixa, portando o Cartão do Cidadão. Caso o trabalhador não possua o Cartão do Cidadão ele precisa ir até uma agência da Caixa e apresentar seus documentos oficiais para conseguir retirar o abono.

O Pasep, diferentemente do PIS, é retirado através da conta corrente vinculada ao Banco do Brasil. É possível ainda ao trabalhador fazer a portabilidade desse dinheiro para o banco de sua preferência.

Documentos necessários

O saque do benefício é feito nas agências do banco, mediante apresentação de alguns dos documentos listados a seguir:

  • Carteira de identidade;
  • Carteira de Habilitação (modelo novo);
  • Carteira Funcional reconhecida por Decreto;
  • Identidade Militar;
  • Carteira de Identidade de Estrangeiros;
  • Passaporte emitido no Brasil ou no Exterior;
  • CTPS modelo informatizado.

Datas

O pagamento do segundo lote do abono do PIS/Pasep começa nesta quinta-feira, 15/08. O calendário dos beneficiários vai de de 15/08/2019 até 30 de junho do ano que vem (2020).

Os colaboradores não são obrigados a sacar o dinheiro agora, mas não podem perder a data limite do ano que vem, pois correm o risco de perder o direito. Confira as datas e fique atento para não perder os dias.

Calendário para empregado em empresa privada(PIS)

Nascidos em Recebem a partir de Recebem até
Julho 25/07/2019 30/06/2020
Agosto 15/08/2019 30/06/2020
Setembro 19/09/2019 30/06/2020
Outubro 17/10/2019 30/06/2020
Novembro 14/11/2019 30/06/2020
Dezembro 12/12/2019 30/06/2020
Janeiro 16/01/2020 30/06/2020
Fevereiro 16/01/2020 30/06/2020
Março 13/02/2020 30/06/2020
Abril 13/02/2020 30/06/2020
Maio 19/03/2020 30/06/2020
Junho 19/03/2020 30/06/2020

Calendário para funcionário público(Pasep)

Final da inscrição Recebem a partir de Recebem até
0 25/07/2019 30/06/2020
1 15/08/2019 30/06/2020
2 19/09/2019 30/06/2020
3 17/10/2019 30/06/2020
4 14/11/2019 30/06/2020
5 16/01/2020 30/06/2020
6 e 7 13/02/2020 30/06/2020
8 e 9 19/03/2020 30/06/2020

 

ANÚNCIO