Saiba como pedir o Empréstimo do Bolsa Família

ANÚNCIO

O empréstimo do Bolsa Família é um tipo de crédito que está disponível atualmente no mercado financeiro em vários bancos. Os valores são disponibilizados em dinheiro e podem variar de limite, conforme a instituição.

Saiba como pedir o Empréstimo do Bolsa Família

ANÚNCIO

Abaixo, descubra como solicitar o empréstimo online do Bolsa Família. Inclusive, diferente do que algumas pessoas pensam esse é um tipo de crédito que funciona de forma simples e pode ser pedido pela internet, no site do governo.

Isso tudo sem que você tenha que ir até as agências bancárias falar com os gerentes dos bancos. Essa visita será importante somente depois, quando for para fechar o negócio.

Considere, portanto, que solicitar o empréstimo tem a ver com o plano progredir, com o microcrédito produtivo, os bancos… E você pode descobrir como tudo isso funciona nas próximas linhas.

ANÚNCIO

O Plano Progredir e o Microcrédito

O governo federal anunciou uma injeção de R$ 4 bilhões para o microcrédito voltado para as pessoas de baixa renda. Isto é: temos aqui uma notícia importante para você que vai solicitar o empréstimo do Bolsa Família.

O microcrédito anunciado é para o Plano Progredir, que é do Ministério do Desenvolvimento Social. Ele é um empréstimo voltado para as pessoas que estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e que são beneficiárias do Bolsa Família.

É por isso que recebe o nome popular de empréstimo Bolsa Família.

O Progredir foi lançado conforme o decreto 9.160/17. Ele tem o foco de capacitar e auxiliar financeiramente as famílias de baixa renda. Sendo que para isso conta com qualificação profissional, incentivo ao empreendedorismo e acesso ao mercado de trabalho.

Assim, o Progredir atua como sendo uma opção que as pessoas têm para solicitar o empréstimo financeiro. Mesmo porque ele tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida das suas famílias.

O empréstimo do Bolsa Família

Solicitar o empréstimo Bolsa Família significa que o microempreendedor está buscando um crédito para alavancar os negócios. Ou, pelo menos, iniciar os negócios profissionais, que pode ser em qualquer área.

A ideia é a de que o crédito seja usado para aumentar a renda da família. E, assim, aumente também a qualidade de vida.

Só que isso não quer dizer que ao solicitar o empréstimo, o empreendedor esteja abrindo mão do seu benefício Bolsa Família.

Ainda que seja uma dúvida comum é preciso ficar claro essa informação. A inscrição no Bolsa Família é essencial para ter direito ao microcrédito produtivo. Só que as parcelas não serão descontadas do benefício. Ao passo que o empreendedor continuará recebendo-o mensalmente.

Os requisitos

Dessa forma, o Plano Progredir não permite que o solicitante use o recurso para fins pessoais. Como para a compra de objetos pessoais.

Sendo que ele é fundamentalmente usado ou deverá ser usado para os investimentos jurídicos enquanto empresa.

Veja o que o ministério diz sobre a solicitação de empréstimo desse tipo de crédito para os benefícios do Bolsa Família.

“O microcrédito produto deve ser usado pelo microempreendedor de baixa renda para melhorar, ampliar ou até mesmo iniciar o negócio”.

Como solicitar o empréstimo

O Progredir funciona ativamente na internet, através de uma página do Ministério do Desenvolvimento Social. E é através dessa página que é possível solicitar o empréstimo também.

Portanto, muita atenção aqui já que muitas pessoas acabam confundindo a informação sobre como solicitar o empréstimo Bolsa Família. Conforme o Ministério, o jeito certo de fazer isso é através do site Progredir.

Então, ao fazer o cadastro solicitando o microcrédito produtivo, o microempreendedor vai informar os seus dados pessoais e profissionais. Os quais serão enviados às instruções financeiras parceiras do programa.

A partir disso, os dados para solicitar o empréstimo serão enviados pelo Progredir para os bancos. E em caso positivo, esses bancos vão entrar em contato com os empreendedores.

Acordo com os bancos

O Progredir afirma que solicitar o empréstimo do Plano Progredir é um processo que inicia no site do ministério. Só que a parte final fica com os bancos, que são instituições financeiras parceiras do programa.

Então, quando o assunto é o valor do empréstimo, as taxas de juros ou mesmo a aprovação do microcrédito, as informações passam a ser de responsabilidade dos bancos.

Isso quer dizer que após fazer o pedido do crédito, os próximos passos têm a ver com os bancos. São eles que devem entrar em contato. Só que caso isso não aconteça, o empreendedor deve considerar que não existem bancos parceiros na região de atuação.

É por isso que é muito importante manter todos os dados atualizados, a fim de que qualquer chance de contato incorreto não aconteça. Os bancos podem usar os dados informados no cadastro do programa, como o telefone ou mesmo o endereço.

Quem pode solicitar empréstimo

Para fazer o pedido do empréstimo online, a família precisa estar enquadrada em alguns requisitos exigidos pelo Plano Progredir. Como o fato de estar inscrita no Bolsa Família, no Cadastro Único. E também ter um responsável cadastrado no MEI.

No caso do Bolsa Família, esse é um programa destinado as famílias em estado de pobreza e de extrema pobreza. Isto é que tenha rendas mensais de até R$ 178 por pessoa. E para fazer a inscrição no Bolsa Família procure a prefeitura da sua cidade.

Já o Cadastro Único, que também é importante para solicitar o empréstimo, é um dos requisitos para que as famílias estejam ativas no programa. Logo, o cadastro no Bolsa Família tem a ver com o cadastro no CadÚnico.

Por fim, o MEI é a sigla para Microempreendedor Individual. Essa é uma forma de os empreendedores oficializarem suas atividades profissionais. Para se inscrever no MEI, considere visitar o Portal do Empreendedor.

ANÚNCIO