Os países com os maiores salários do mundo

São várias as nações do mundo que contam com excelente poder de compra, mas você sabe qual delas paga o maior salário para seu trabalhador? A resposta da maioria das pessoas seria os Estados Unidos. No entanto, para a surpresa de muita gente, o país não se encontra nem mesmo entre os 5 melhores nesse quesito.

Além disso, vale destacar que não é nenhum país europeu que está no topo atualmente, de acordo com relatório recente divulgado pela OECD (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Se você quer saber quais são os países com os maiores salários do mundo, confira o nosso artigo para ficar por dentro do assunto.

ANÚNCIO
Os países com os maiores salários do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Malta – US$ 982,00

Possivelmente o país mais desconhecido da lista, a pequena ilha de Malta não chega a ter US$ 1.000,00 dólares como remuneração para seus trabalhadores. Contudo, o valor pago já é o suficiente para colocá-lo entre um dos melhores do mundo, já que a moeda é muito bem vista em todo o mundo.

Os países com os maiores salários do mundo
Foto: (reprodução/internet)

O salário atual, de US$ 982, equivale a cerca de R$ 5.048,07 atualmente, colocando Malta em oitavo lugar na nossa lista. Um dos pontos que fazem o país conseguir fazer parte dos maiores salários do mundo é o fato de que os impostos na ilha são extremamente baixos. O que facilita uma maior remuneração.

O país é um dos menores em todo o continente europeu, mas isso não faz com que ele fique atrás de outras grandes potências mundiais quando falamos de poder econômico. Por conta dos baixos impostos, é procurado por muitos bilionários que visam países do tipo para investir dinheiro.

Estados Unidos – US$ 1.380,00

País que muitos julgariam ser o primeiro colocado da lista, os Estados Unidos se encontram apenas na sétima posição. Apesar disso, ainda conta com um dos maiores salários mínimos para seus trabalhadores. Sua presença na lista, além de seu conhecido poder econômico, constatam isso.

Os países com os maiores salários do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Atualmente, o salário mínimo de quem trabalha nos EUA é de cerca de US$ 1.380,00, equivalente a cerca de R$ 7.100,93. Atualmente, a hora trabalhada vale aproximadamente US$ 7, valor considerado baixo para o que era esperado do país com a economia mais sólida do planeta.

Por conta disso, existe um forte movimento dos trabalhadores norte-americanos para que o valor do salário mínimo aumente, com a hora trabalhada tendo o valor aumentado para US$ 15. Isso faria o país subir consideravelmente na lista, e daria ainda mais poder de compra para o cidadão estadunidense.

Reino Unido – US$ 1.411,00

O Reino Unido não conta com apenas um país, no entanto, as 4 nações que fazem parte do grupo acabam contando com as mesmas políticas. O que acaba influenciando também no salário recebido por seus trabalhadores. Atualmente, os países que fazem parte do grupo são: Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte.

Os países com os maiores salários do mundo
Foto: (reprodução/internet)

A região é o sonho da população mais jovem, já que os impostos acabam sendo diferentes de acordo com a idade do trabalhador. Os jovens pagam menos, pois precisam de maior poder aquisitivo para conseguirem se desenvolver, comprar casas, carros e o resto das coisas básicas para se viver bem.

Isso acaba fazendo com que o valor do salário mínimo varie, contudo, a média geral é de 1.598 euros, equivalente a R$ 7.273,00. Já imaginou um jovem do país recebendo tudo isso ou ainda mais? Essa é a realidade das pessoas mais jovens no Reino Unido, região visada por todo o mundo por conta de seu desenvolvimento.

França – US$ 1.454,00

A França é amplamente reconhecida como um dos melhores países do mundo para se viver, pois conta com excelente infraestrutura, muitas riquezas. Além de serem um dos grandes protagonistas da União Europeia, o maior bloco econômico entre países de todo o mundo.

Os países com os maiores salários do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Por conta disso, e de uma série de outros fatores, já é de se imaginar que o país estivesse aqui. A remuneração mínima é de 1.539 euros atualmente, valor equivalente a cerca de R$ 7.514,85 hoje. Porém, esse número poderia ser muito maior, e a França poderia até mesmo ocupar uma posição melhor no ranking se não fossem os impostos.

Atualmente, a hora trabalhada no país é de US$ 10,60, melhor do que o próximo colocado na lista, no entanto, com os impostos do país somando 22,2%, o valor líquido pago para o trabalhador cai para US$ 8,24. Apesar disso influenciar na lista, é o preço a se pagar por uma das melhores infraestruturas do mundo.

Bélgica – US$ 1.534,00

A Bélgica é uma nação extremamente plural, assim como a brasileira, sendo possível encontrar belgas com familiares de origem extremamente diferentes. O que faz com que boa parte deles acabe sofrendo preconceito, realidade que, infelizmente, também é a do Brasil até os dias atuais.

Os países com os maiores salários do mundo
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, mesmo com toda a discriminação sofrida pelos belgas de origem africana, o governo do país investiu pesado para tornar a vida do seu povo melhor. Hoje, o salário mínimo do país atinge a casa dos US$ 1.534,00, valor que, hoje, equivale a cerca de R$ 7.925,72.

Apesar de já ser alto, esse valor poderia ser bem maior, caso os impostos do país não fossem de 18,7%. Cada hora trabalhada vale US$ 10,55, no entanto, por conta dos impostos, esse número cai consideravelmente. Chega ao valor de US$ 8,57, o que ainda não deixa de ser alto.

Holanda – US$ 1.634,00

A Holanda, também chamada pelo nome de Países Baixos, também conta com uma excelente remuneração média para seus trabalhadores. Os impostos do país variam de acordo com a região, logo, é impossível delimitar quanto cada trabalhador acabará recebendo no fim do mês. No entanto, é possível obter uma média geral entre todos eles.

Os países com os maiores salários do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Em média, o trabalhador holandês recebe US$ 1.634,00 como salário mínimo, valor equivalente a R$ 8.518,32. Isso coloca o país como um dos 3 melhores em todo o mundo nesse quesito, e vale lembrar que, como o imposto pode variar, esse valor pode ser ainda maior de acordo com o local do país onde você vive.

A hora trabalhada é de US$ 10,17 (valor sem impostos), que vale cerca de R$ 53,02. Caso o trabalhador brasileiro recebesse um valor como o holandês, temos certeza que, além do aumento na qualidade de vida, a criminalidade também diminuiria consideravelmente. Porém, isso ainda é um sonho distante demais para nós.

Luxemburgo – US$ 1.728,00

País que não tem muita relevância dentro do cenário internacional, e que raramente temos alguma notícia relacionada nos grandes jornais do país. Luxemburgo é um dos países com os maiores salários da Terra. O valor é alto, e isso acaba fazendo com que a região prospere e se torne mais atrativa para investidores.

Os países com os maiores salários do mundo
Foto: (reprodução/internet)

Atualmente, o salário mínimo de Luxemburgo é de US$ 1.728,00, equivalente a cerca de R$ 9.008,41, suficiente para famílias viverem muito bem aqui no Brasil. A hora trabalhada no país é de, no mínimo, US$ 10,85 (R$ 56,56), valor muito mais alto do que o pago em nosso país. Talvez por isso eles estejam tão melhores do que a gente.

No entanto, esse é o valor bruto, e, depois da dedução dos impostos (14% atualmente), a hora passa a valer US$ 9,24, ainda assim, um número muito alto para os padrões globais. Apesar de não ser tão relevante quanto outros países da lista, o pequeno país europeu não deixa de ser um excelente local para visitar.

Austrália – US$ 2.199,20

A detentora do posto de país com o maior salário mínimo do mundo é a Austrália. O país, localizado na Oceania, é um dos grandes pilares da economia global, sendo considerado amplamente como um dos melhores países para se morar atualmente, já que conta com excelente índice de desenvolvimento humano.

Os países com os maiores salários do mundo
Foto: (reprodução/internet)

O salário mínimo atual do país é de US$ 2.199,20, o que equivale a cerca de R$ 11.464,87 na cotação atual (agosto/2021). Para alcançar essa remuneração, é preciso destacar que a hora trabalhada no país vale, no mínimo, US$ 14,47. No entanto, o valor líquido disso é de US$ 13,32, por conta dos impostos.

Tudo isso é fruto de um programa de estruturação sólido desenvolvido pelo governo do país, que visa diminuir a desigualdade social da Austrália. A forma que encontraram de fazer isso é valorizando o trabalhador nacional, e não parece que a estratégia vem dando nem um pouco errada para os australianos.

Cidade de Genebra tem o verdadeiro topo

Se levássemos em consideração as cidades em nosso ranking, a primeira posição seria diferente. Isso porque a cidade de Genebra, localizada na Suíça, paga nada menos do que US$ 4.392,10 para seus trabalhadores, valor equivalente a cerca de R$ 22.560,02. Contudo, isso é exclusivo apenas de Genebra.

O resto do país nem mesmo conta com um salário mínimo vigente, e o valor só foi adotado em Genebra porque a cidade é muito cara para se viver, o que acabou forçando o governo a adotar um valor mínimo para que os patrões paguem aos seus trabalhadores. Temos que concordar que o salário acabou sendo bem generoso.

ANÚNCIO