Conheça as criaturas mortais que vivem na Amazônia

A Amazônia é o pulmão do mundo, e todos nós sabemos da importância que ela também tem para a saúde do nosso planeta. Porém, você conhece os animais mais perigosos deste habitat? Muitos deles são conhecidos do grande público, porém, algumas espécies específicas são bem raras, e nem todo mundo fica atento sobre isso.

Sapos, peixes, serpentes e outros animais perigosos são alguns dos seres mais mortais presentes na Amazônia, e se você der o azar de esbarrar com algum deles, o mais indicado é tentar escapar para o mais longe possível. Se você quer conhecer quais são os animais mais perigosos da Amazônia, confira o nosso artigo para saber de todos eles.

ANÚNCIO
Conheça as criaturas mortais que vivem na Amazônia
Foto: (reprodução/internet)

Pirarucu

Pode parecer difícil para algumas pessoas aceitarem isso, mas fique sabendo que esse tipo de peixe pode ser muito perigoso caso um ser humano decida entrar em suas águas. Apesar de não fazer parte do seu cardápio habitual, o pirarucu não é muito simpático com nenhum corpo que entre em sua frente.

Conheça as criaturas mortais que vivem na Amazônia
Foto: (reprodução/internet)

Se você acha que é fácil escapar de seu ataque, fique sabendo que essa espécie de peixe pode chegar a medir até 2 metros de comprimento, chegando a pesar até 100 quilos. Na Malásia, um peixe do tipo foi o grande responsável por afogar 2 homens, em incidente ocorrido em 2009.

Respira fora d’água, e por conta disso, também faz os animais que se arriscam a nadar perto do rio de presa, se alimentando também de outros peixes e crustáceos da região. Apesar de parecer inofensivo, o pirarucu pode sim ser muito perigoso para os seres humanos que se aventurarem no meio.

Poraquê

Pesadelo de muitas pessoas, o poraquê é um dos peixes mais perigosos do mundo, e costuma viver nas profundezas da Amazônia, embaixo de muita lama, para esconder sua presença e não ser notado por suas presas. Apesar de não ser uma enguia, dá choques ultrapotentes em suas vítimas.

Conheça as criaturas mortais que vivem na Amazônia
Foto: (reprodução/internet)

Apesar de serem mais comuns de serem encontrados no fundo, são constantemente vistos na superfície. Por isso, é muito importante ficar atento para não ter contato direto com a espécie, pois ele consegue dar choques de até 600 volts de potência, suficiente para matar muitos animais.

E quanto aos seres humanos? Infelizmente, se entrarem em seu caminho, o poraquê não vai hesitar em dar um belo choque em qualquer um. O que pode fazer com que você tenha um ataque cardíaco e chegue até mesmo à morte. Realmente é uma criatura que é melhor manter distância.

Piranha

Um dos animais mais famosos da lista, as piranhas tem uma fama terrível, sendo conhecidas por devorarem pessoas e até mesmo objetos, quando caem em seu território. Contudo, para sua sorte, boa parte dessas histórias de terror envolvendo essa espécie de peixe não passam de lendas.

Conheça as criaturas mortais que vivem na Amazônia
Foto: (reprodução/internet)

Elas não apresentam um comportamento tão agressivo quanto dizem, e por isso, muitos moradores da região acabam tomando banho junto do peixe, sem maiores problemas. Porém, quando estão com fome, isso não quer dizer que elas irão deixar a carne humana de fora do seu cardápio, apesar disso ser extremamente raro.

Geralmente, elas se alimentam de animais que são menores do que ela, não se arriscando em corpos maiores. Além disso, boa parte de sua dieta consiste em restos de outros animais, funcionando como uma espécie de urubu dentro d’água, fazendo uma faxina nas águas da Amazônia.

Cascavel-de-quatro-vendas

A Amazônia é o ambiente natural de várias espécies de cobras, e uma das mais perigosas presentes na região é a cascavel-de-quatro-vendas, responsável por vários dos ataques aos seres humanos no Brasil. Estima-se que cerca de 9% das picadas de cobras de toda a América Latina seja culpa desse animal.

Conheça as criaturas mortais que vivem na Amazônia
Foto: (reprodução/internet)

Pode ter a aparência diferente por contar uma grande quantidade de espécies existentes, mas o efeito final pode ser o mesmo caso pique alguém: a morte. A cobra é venenosa, e em muitos casos em que a picada não é tratada com rapidez, pode acabar levando suas vítimas à morte rapidamente.

Caça animais menores, como os ratos, porém, se o ser humano invadir o seu espaço, e ela se sentir ameaçada, pode ter certeza que ela não pensará duas vezes antes de atacar a sua nova presa com todo o seu poder. É um verdadeiro risco a todos que se arriscam a entrar na região.

Jacaré-açu

Apesar de todo o seu poder de fogo, o jacaré-açu, há pouco tempo atrás, quase foi extinto, por conta da intromissão do homem em território selvagem. Contudo, graças à criação de leis específicas para a proteção da espécie, hoje, não é tão difícil assim encontrar esse tipo de jacaré em seu habitat natural.

Conheça as criaturas mortais que vivem na Amazônia
Foto: (reprodução/internet)

Na Amazônia, é um dos animais mais perigosos de todos, tendo uma das mordidas mais fortes de todo o reino animal. Suas escamas se camuflam muito bem dentro do ambiente selvagem, o que faz com que, por mais que seja difícil acreditar nisso, ele seja quase imperceptível dentro da mata, mesmo sendo enorme.

Ele se alimenta de carne, e isso inclui até mesmo os seres humanos, se eles estiverem ocupando o território desse jacaré. Porém, no geral, ele acaba se alimentando mais dos peixes da região, além de anacondas e outros animais terrestres, como é o caso das capivaras e dos veados.

Onça-pintada

Também chamada de jaguar, a onça-pintada é um dos grandes símbolos da Amazônia, e se tornou famosa por conta de toda a sua beleza, além de ser um dos maiores felinos do mundo. Contudo, fique sabendo que o animal é extremamente perigoso, e pode ser um dos mais mortais de toda a floresta.

Conheça as criaturas mortais que vivem na Amazônia
Foto: (reprodução/internet)

É um dos poucos felinos do mundo que gosta de nadar, e quando falamos isso, estamos querendo te dizer que, mesmo se você pular na água, ela vai conseguir te pegar. É praticamente impossível escapar das garras de uma onça-pintada, e ela não hesitaria nem um pouco em atacar seres humanos.

O animal é extremamente adaptável, podendo escalar árvores, mergulhar e correr em velocidade assustadora, tendo total capacidade de rivalizar contra qualquer outro animal do reino animal quando falamos de força bruta. Se esbarrar com uma, você já pode começar a rezar.

Anaconda

Tão aterrorizante que se tornou até mesmo a protagonista de filmes de terror desde a invenção do cinema, a anaconda, também chamada de sucuri, é uma das cobras mais perigosas do mundo, e, para o azar do povo brasileiro, vive na Amazônia. Ela pode chegar a medir até 6,4 metros de comprimento.

Conheça as criaturas mortais que vivem na Amazônia
Foto: (reprodução/internet)

Ela não tem veneno, o que faz com que qualquer desavisado a enxergue como inofensiva, porém, isso não é verdade. O método de caça dela é cruel, e consiste em utilizar toda a sua força para esmagar a sua presa e engolir ela sem mastigar. Por conta de toda a sua força, é reconhecida como um dos animais mais fortes do mundo.

Depois de engolir seu alimento, ela leva 1 semana até digerir toda sua comida, o que faz com que não se alimente com muita frequência. Contudo, quando está com fome, é melhor manter distância, já que os seres humanos não estão fora do cardápio das anacondas da Amazônia.

Dendrobatidae

De nome estranho, e aparência mais ainda, o dendrobatidae é um pequeno sapinho que, em um primeiro momento, pode parecer totalmente inofensivo, porém, é um dos animais mais perigosos de todo o reino animal. As suas cores chamativas são, basicamente, um convite para a morte.

Conheça as criaturas mortais que vivem na Amazônia
Foto: (reprodução/internet)

Não conta com meios de defesa muito efetivos, contudo, se alguém se arriscar a se alimentar dele, tenha a certeza de que esse animal vai acabar morto. Seu veneno é muito potente, e já foi utilizado para cobrir dardos pelos seres humanos, que os atiravam através do uso de zarabatanas.

O veneno do sapo é tão potente que tem a capacidade de matar 10 homens, então é realmente recomendado manter distância dele. Sabe aquele ditado de que se alguma coisa é muito brilhosa, é sinal de perigo? Esse tipo de frase cabe perfeitamente para o caso do pequeno dendrobatidae.

Mosquito

Apesar de ser um animal extremamente comum de ser encontrado em todo lugar, o mosquito é um dos mais perigosos da Terra, sendo o responsável pela transmissão de diversas doenças perigosas para os seres humanos, como é o caso da malária, por exemplo.

Conheça as criaturas mortais que vivem na Amazônia
Foto: (reprodução/internet)

A doença pode matar as pessoas em poucos dias, se ela não tiver sido vacinada. O grande problema de ter que lidar com os mosquitos é que eles estão espalhados por todo canto, não sendo necessário visitar a Amazônia para constatar isso. Basta sair um pouco de casa para esbarrar com algum.

A grande quantidade deles presentes em nosso mundo, além da dificuldade em matá-los com as mãos nuas, acaba fazendo com que os mosquitos sejam os grandes responsáveis por diversas mortes de seres humanos todos os anos, estando eles na Amazônia ou não.

Preservação da Amazônia é importante para esses animais

Apesar de serem perigosos, e ser importante manter distância deles o máximo possível. Ainda assim, eles são necessários para a manutenção do habitat, que não pode ser destruído, tendo em vista que a saúde do nosso planeta depende mais dele do que qualquer outro.

Por isso, é importante que essas espécies sejam preservadas, pois se apenas uma delas deixar de existir, novos problemas podem acabar surgindo na região, e se isso afeta diretamente a Amazônia, saiba que é perigoso também para o futuro da raça humana.

ANÚNCIO