Como prevenir e eliminar as pedras nos rins?

ANÚNCIO

No Brasil, estima-se que 10% da população já passou ou passará por uma crise causada pelos cálculos renais. Por isso, é importante saber como prevenir ou tratar a doença. Saiba mais!


Quem já teve pedras nos rins, como são conhecidos popularmente os cálculos renais, sabe o quanto dói uma crise. No Brasil, estima-se que 10% da população já passou ou passará por uma dessas crises. As pedras nos rins são causadas por uma série de fatores, ou seja, elas podem ser de vários tipos, como pedras de cálcio ou de sódio.

ANÚNCIO
pedras nos rins
Foto: (reprodução/internet)

É comum que os médicos digam para guardar a pedra, se ela for expelida pela urina. Isso porque, para saber o tratamento necessário para cada paciente, é preciso primeiro saber o que está causando os cálculos renais.

Somente por meio de um exame para diagnosticar do que o cálculo renal é formado é que dá para saber exatamente como impedir que novas pedras se formem no corpo.

As pedras nos rins são formadas por acúmulos solidificados de algum material nos rins (como os citados anteriormente). Boa parte dessas pedras é eliminada pela urina sem as pessoas perceberem, por serem muito pequenas. Mas quando uma pedra de dimensão maior se move nos rins para tentar ser expelida é que surge a dor.

ANÚNCIO

A dor ocorre na região lombar inferior e, também, na parte inferior do abdômen. Ela, quando em intensidade fraca, pode ser confundida com uma dor de ciático ou uma apendicite. Além das dores, as pedras nos rins podem causar crises de enjoo, vômitos e até mesmo desmaios.

Entre as causas mais comuns para o surgimento do cálculo renal, estão:

  • Desidratação;
  • Alimentação rica em cálcio ou sal;
  • Predisposição genética;
  • Distúrbios metabólicos;
  • Outros tipos de doenças renais.

Como prevenir as pedras nos rins?

Poucos são os sintomas dos cálculos renais e nem sempre eles aparecem. Muitas pessoas costumam falar que “estava tudo bem, até ter uma crise renal”. Alguns dos sintomas que você pode observar são:

  • Dificuldade para urinar;
  • Jato de urina “fraco”;
  • Ardência ao urinar;
  • Sensação de estar sempre com a bexiga cheia.

Sim, os sintomas das pedras nos rins são muito semelhantes aos sintomas de uma infecção urinária. Esse é um dos motivos para não se perceber os problemas renais até ter uma crise.

Entre as formas de prevenir as pedras nos rins, estão:

  • Beber bastante água. Seu corpo bem hidratado “expulsa” as pedras quando elas ainda estão pequenas e fáceis de sair;
  • Diminuir o consumo de sal e cálcio (principais causadores dos cálculos renais);
  • Beba suco de laranja natural. Esse suco possui citrato de potássio, que evita o surgimento das pedras nos rins. Outros alimentos que possuam citrato de potássio também devem ser incluídos na alimentação diária;
  • Evite os refrigerantes e alimentos industrializados, principalmente os com alto teor de frutose ou glicose de milho.

Como eliminar as pedras nos rins?

Eliminar os cálculos renais é um processo natural do corpo. Por isso, não existe uma “fórmula mágica”. O que deve ser feito é trabalhar com a prevenção. Beber bastante água é uma das formas de auxiliar os rins a trabalharem mais e facilitar a eliminação das pedras.

Mas, em algumas ocasiões, isso não é recomendado. Dependendo do tamanho da pedra, o recomendado é passar por cirurgia para removê-las. Neste caso, siga as orientações médicas.

ANÚNCIO