Bolsa Atleta – Conheça o apoio que o atleta precisa para se tornar um grande campeão

Viver de esporte no Brasil não é missão tão fácil quanto se parece, já que, como todos nós sabemos, o investimento em várias modalidades esportivas é baixíssimo. Porém, para resolver isso, o governo criou a Bolsa Atleta, programa que busca ajudar os melhores atletas do país a conseguirem um maior destaque dentro do cenário esportivo internacional.

O programa não é novo e consiste em uma ajuda financeira para vários atletas, sejam eles famosos ou não, bastando apenas que eles apresentem melhores resultados para receberem maior remuneração. Se você quer conferir mais informações sobre o programa, além de descobrir como se inscrever para recebê-lo online, confira o nosso artigo e fique por dentro do assunto.

ANÚNCIO
Bolsa Atleta - Conheça o apoio que o atleta precisa para se tornar um grande campeão
Foto: (reprodução/internet)

Confira, em nossa matéria especial sobre o assunto, as seguintes informações sobre a Bolsa Atleta:

  • O que é a Bolsa Atleta;
  • Descubra quais são as categorias do programa;
  • Como solicitar a Bolsa Atleta online;
  • Bolsa é o rendimento de vários atletas importantes.

O que é a Bolsa Atleta

A Bolsa Atleta foi um incentivo criado pelo governo para ajudar os diferentes atletas do país a conseguirem focar em suas atividades profissionais. O objetivo é para que consigam competir em alto nível quando participarem de competições internacionais. O dinheiro serve para como uma ajuda de custo para todos eles.

Bolsa Atleta - Conheça o apoio que o atleta precisa para se tornar um grande campeão
Foto: (reprodução/internet)

É muito difícil um atleta brasileiro conseguir um patrocinador, principalmente se ele não for jogador de futebol. Por conta disso, o programa foi criado, afinal, o governo não poderia deixar todos os possíveis campeões mundiais sem um respaldo financeiro. Apesar disso, a remuneração não está perto de ser suficiente para muitos atletas.

É preciso ser reconhecido dentro do meio, além de demonstrar resultados sólidos para poder contar com o benefício. É dividido em diversas categorias diferentes, dependendo da faixa etária de cada atleta, além do seu nível de atuação em diferentes competições em que atua, nacional ou internacionalmente.

É necessário prestar contas para o governo 

Após um período de 12 meses recebendo a Bolsa Atleta, é necessário prestar contas para o governo, para informar onde o dinheiro foi investido. Esse processo é feito no mesmo site onde a inscrição para o programa é feito, e você poderá conferir o link correto no tópico de solicitação para usufruir do benefício.

Essa prestação de contas é cobrada para garantir que o dinheiro do governo está sendo bem investido. Afinal, ele dá o dinheiro para que o atleta consiga se manter financeiramente através do seu desempenho esportivo, e não para que seja gasto em qualquer tipo de investimento. Lembre-se de não gastar o dinheiro com qualquer coisa.

Programa conta com categorias diferentes

É necessário destacar aqui que o programa conta com diversas categorias diferentes, voltadas para diferentes grupos de atletas diferentes. Além disso, de acordo com o cenário em que o atleta compete, a sua bolsa também será de valor diferente, com esse número variando entre R$ 370,00 e R$ 15.000,00.

Bolsa Atleta - Conheça o apoio que o atleta precisa para se tornar um grande campeão
Foto: (reprodução/internet)

Em todo caso, será necessário comprovar que tem filiação a algum clube esportivo. Além, é claro, de ser filiado também uma federação de seu respectivo esporte. Outro ponto a ser destacado é que o atleta deve ter competido em algo no ano anterior, para provar que realmente se encontra no meio esportivo, e não apenas está tentando tirar dinheiro do governo.

São seis categorias diferentes, sendo que uma delas se encontra acima até mesmo do que os atletas olímpicos, que são considerados os melhores de suas respectivas categorias. Confira abaixo quais são as categorias disponíveis para quem pretende se aproveitar do benefício esportivo da Bolsa Atleta:

  • Bolsa Atleta Categoria de Base: destinada a atletas entre 14 e 19 anos. O valor a ser pago mensalmente é de R$ 370,00;
  • Bolsa Atleta Categoria Estudantil: destinada a atletas entre 14 e 20 anos, além de ser necessário que estejam estudando. R$ 370,00 são pagos mensalmente;
  • Bolsa Atleta Categoria Nacional: destinada a atletas maiores de 14 anos, que tenham conseguido, no mínimo, a terceira colocação em uma campeonato nacional. R$ 925,00 são pagos mensalmente;
  • Bolsa Atleta Categoria Internacional: destinada a atletas maiores de 14 anos, que tenham conseguido, no mínimo, a terceira colocação em um campeonato internacional. R$ 1.850,00 são pagos mensalmente;
  • Bolsa Atleta Categoria Olímpica/Paralímpica: destinada a atletas que competiram na Olimpíada/Paralimpíada e que se comprometem a continuar competindo por, pelo menos, 3 anos. R$ 3.100,00 são pagos mensalmente;
  • Bolsa Atleta Categoria Pódio: destinadas a atletas que estejam no top 20 mundial de sua categoria esportiva. Valores entre R$ 5.000,00 e R$ 15.000,00 são pagos mensalmente para esses atletas.

Reconhecimento é necessário para brilhar

Como você deve ter notado, é preciso ter certo reconhecimento para conseguir contar com a bolsa, e nem todos conseguem ter isso em nosso país atualmente. Afinal, não é fácil conseguir se destacar dentro de um cenário onde o investimento é seletivo e, em muitos casos, os atletas nem tem local para treino disponível.

Por isso, é importante trabalhar muito bem o networking, para que se torne conhecido entre os atletas da mesma categoria e consiga um patrocínio através de seus contatos. Não deixe de se enturmar com outros esportistas que são da mesma categoria, e lembre-se que vocês são companheiros, e não rivais.

Como solicitar a Bolsa Atleta online

Todo o processo de solicitação do Bolsa Atleta pode ser feito online, através do site do Ministério da Cidadania. Após o acesso, o solicitante deverá conferir se o processo está aberto, e caso esteja, basta preencher o formulário informando os seus dados pessoais e dados solicitados pelo órgão.

Bolsa Atleta - Conheça o apoio que o atleta precisa para se tornar um grande campeão
Foto: (reprodução/internet)

Durante o ato do cadastro, será necessário enviar documentos para o Ministério, para comprovar as informações prestadas. Depois disso, a instituição fará uma análise dos seus documentos para conferir a veracidade dos dados informados. A resposta do órgão será dada através do email.

Após a análise, basta conferir o e-mail para saber se teve o seu pedido aprovado ou não pelo órgão. No caso de aprovação, você irá receber o Termo de Adesão, que deve ser levado a qualquer agência da Caixa e assinado dentro do prazo de até 30 dias. Muita atenção para não perder o prazo.

Assinatura para os atletas menores de idade

No caso dos atletas menores de idade que consigam o acesso à Bolsa Atleta, será necessário comparecer junto a um responsável legal à agência da Caixa, para a assinatura do termo. Mais uma vez, reiteramos que o prazo para a assinatura é de até 30 dias, portanto, muita atenção com isso.

Caso não tenha conta na Caixa, será preciso criar uma para o recebimento do pagamento, que é feito através desse método. Caso perca o prazo para a assinatura do termo, será preciso entrar em contato com o Ministério para que ele seja prorrogado até uma data em que você consiga fazer a assinatura sem maiores complicações.

Bolsa é o rendimento de vários atletas importantes

Muitos ficam em dúvida se a Bolsa realmente é utilizada e se é útil para vários atletas, tendo em vista que vemos um desempenho baixo em vários esportes. A verdade é que vários atletas olímpicos conseguem se sustentar apenas por conta dela, e prova disso ficou bem evidente durante a realização da Rio 2016.

Bolsa Atleta - Conheça o apoio que o atleta precisa para se tornar um grande campeão
Foto: (reprodução/internet)

77% dos atletas olímpicos daquele ano se sustentam graças à Bolsa, e se levarmos em consideração também os atletas paralímpicos, esse número sobe para 90%. Essa é a fonte principal de renda de vários atletas, que tem que se virar com essa quantia para treinarem e continuarem vivendo.

O investimento é baixo, sendo este o verdadeiro motivo do baixo rendimento em várias modalidades esportivas. Só para citar alguns dos nomes que utilizam essa bolsa, podemos falar de Daniel Dias, maior medalhista paralímpico brasileiro da história, além de Rafaela Silva e Felipe Wu, ambos medalhistas.

Não deixe de manter sua presença nas redes sociais

Outra maneira de se tornar relevante dentro do cenário esportivo é manter a sua presença dentro das redes sociais. Afinal, elas são as responsáveis por mostrar sua cara ao mundo, e podem ser a porta de entrada que você está procurando para conseguir se tornar um atleta reconhecido nacionalmente.

Além disso, através dela, é possível conseguir um patrocinador. Isso aumenta o investimento e garante melhores condições de treinamento, sem a necessidade de depender exclusivamente da bolsa oferecida pelo governo, que não conta com os melhores valores.

Bolsa Atleta é extremamente importante para o Brasil

O esporte é a porta de entrada para uma vida melhor dentro de diversas comunidades carentes. Afinal, funciona como uma maneira do jovem garoto conseguir fugir da triste realidade que pode encontrar ao não ingressar no meio esportivo, uma das poucas saídas para as famílias mais pobres.

Por isso, contar com um incentivo financeiro é tão importante para essa parcela da população. Também por esse motivo é importante que esse programa se torne mais abrangente, principalmente para a população mais jovem do país, que ainda pode dar muito orgulho à nação no futuro.

ANÚNCIO