Curiosidades sobre o disco Abbey Road dos Beatles

ANÚNCIO

Abbey Road, um dos discos mais famosos de todo o mundo, tem curiosidades incríveis, as quais são apresentadas neste artigo


Já faz 50 anos que o Abbey Road, dos Beatles, foi lançado. O disco contém as últimas gravações da banda e hoje é considerado uma das obras mais icônicas de toda a história da música, o que é um feito incrível. Este artigo surgiu com o intuito de apresentar sete curiosidades sobre esse álbum tão aclamado.

ANÚNCIO
disco
Foto: (reprodução/internet)

Sobre o disco

O disco Abbey Road, que recentemente completou 50 anos de estrada, é conhecido mundialmente como um dos maiores discos da banda. Além disso, Abbey Road atingiu um outro patamar ao ser considerado uma das maiores obras musicais de todos os tempos. Está nas primeiras posições em diversos rankings relacionados à música.

Veja algumas curiosidades

Em primeiro lugar, pode-se dizer que o disco, que é considerado o encerramento com chave de ouro da carreira do Fab Four, quase não foi o fim. Recentemente, foi descoberta uma gravação em que os quatro membros conversavam sobre os planos de gravar um álbum posterior a Abbey Road.

Como se sabe, não houve gravação de nenhum álbum após esse. Na verdade, Let It Be foi lançando depois, mas não gravado depois. A segunda curiosidade é que a gravação do álbum Abbey Road foi a primeira vez que Paul McCartney gostou do trabalho de George Harrison.

ANÚNCIO

A terceira curiosidade é que Frank Sinatra era um grande fã d’Os Beatles e que gostou muito desse último álbum gravado, principalmente da música Something. Depois, Sinatra gravou um cover da música. Ele a classificou como uma das melhores canções de amor já escritas.

A quarta curiosidade é sobre um acidente escondido. No álbum, há a faixa Her Majesty, que só existe por acidente. Ela realmente era para existir no álbum, mas, de última hora, Paul pediu para removê-la. O engenheiro de som colocou a faixa no final do álbum para pensar no que fazer, mas se esqueceu dela lá, e ficou por isso mesmo.

Já a quinta curiosidade é sobre o primeiro e único solo de Ringo Starr. Ele não gostava mesmo de solos, mas foi convencido por Lennon a fazê-lo para a faixa The End. Harrison, McCartney e Lennon acabaram fazendo uma competição de solos, para ver quem era melhor, e todos os três demonstraram suas habilidades no disco.

O sexto lugar é sobre uma música calma e diferenciada, chamada de Here Comes The Sun, com flautas, pícolos e clarinetas. Trata-se de uma das faixas principais do álbum Abbey Road, que foi composta em uma de sol. O cenário era o jardim de Eric Clapton, e Lennon foi o único que não participou porque se recuperava de um acidente.

A sétima curiosidade vai para a capa, que não leva o nome d’Os Beatles. Parece até mesmo surreal não colocar o nome da banda na capa do disco, mas John Kosh, o diretor criativo da Apple Records, convenceu a todos ao dar uma declaração: “Não precisávamos escrever o nome na capa. Eles eram a banda mais famosa do mundo.”

ANÚNCIO