Tênis de Mesa ou Ping Pong? A história do Tênis de Mesa

Tudo começou na Inglaterra durante o século 19. Naquela época, veio a origem desse esporte medieval que era praticado em lugares abertos e fechados. Só que nesse enredo todo aconteceu a troca de nomes e por motivos de direitos autorais.

Assim, o ping pong virou tênis de mesa. Por trás desse esporte, que é um dos mais populars do mundo, temos o nome de Jaime Gibbs, um norte-americano que deu vida ao esporte em 1899. Para quem quiser continuar entendendo a história do Tênis de Mesa, continue lendo.

ANÚNCIO
Tênis de Mesa ou Ping Pong? A história do Tênis de Mesa
Foto: (reprodução/internet)

Nos próximos tópicos, você vai ler:

  • O que é Tênis de Mesa;
  • A origem do Ping-Pong;
  • A popularização do Tênis de Mesa;
  • As estratégias de jogo do Tênis de Mesa;
  • Os maiores campeões olímpicos do Tênis de Mesa.

O que é Tênis de Mesa

Primeiro, vamos ao dicionário online: Tênis de Mesa é um substantivo masculino de esporte. É um jogo parecido com o do Tênis, só que disputado em uma mesa dividida ao meio por uma rede. Nele, usa-se raquetes e uma bola. O esporte também é chamado de ping-pong.

Tênis de Mesa ou Ping Pong? A história do Tênis de Mesa
Foto: (reprodução/internet)

No Brasil, os iniciantes no esporte eram os turistas ingleses, o que explica a origem do Tênis de Mesa. Por aqui, o esporte chegou em 1905, mais ou menos. Mas, foi em 1912 que o esporte ganhou forças a partir da organização do Tênis de Mesa em competições nacionais. 

O objetivo do Tênis de Mesa é marcar pontos. Isso pode acontecer de várias formas, por exemplo, quando o adversário manda a bola para fora da mesa ou quando não alcança a bola que tenha batido na sua área da mesa. A boa só pode quicar uma vez em cada lado.

O jogo de Tênis de Mesa

Ainda antes de falar da história inicial do Tênis de Mesa, saiba que uma partida não tem duração de tempo determinada, já que ela acontece por pontos. Logo, o mais comum é que em campeonatos a partida dure o melhor de 7 games.

Assim, cada game é vencido pelo primeiro jogador que faz 11 pontos. Mas, se houver empate em 10 a 10, um dos jogadores deve abrir vantagem de dois pontos para dar fim a partida. É como acontece na partida de tênis ou de vôlei, por exemplo. 

A partida começa com o serviço de saque de um dos jogadores. A ordem é escolhida por sorteio. Cada jogador pode sacar duas vezes, independente da pontuação que tiver. No mundo, acredita-se que se tenha mais do que 300 milhões de praticantes ocasionais. 

A origem do Ping-Pong

Por que Ping-Pong? Essa é uma das perguntas mais frequentes das pessoas que gostam do Tênis de Mesa. Considere que a partir dos instrumentos usados no esporte, e dos golpes que eram dados nas bolinhas, o nome vem associado ao som de “ping-pong”.

Tênis de Mesa ou Ping Pong? A história do Tênis de Mesa
Foto: (reprodução/internet)

Assim, vale lembrar que as raquetes usadas eram ocas e tinham cabo longo, a partir da pele de carneiro e outros animais. A origem do esporte que hoje é chamado de forma oficial de Tênis de Mesa vem da Inglaterra (na época, Reino Unido).

Acredita-se que ele foi todo improvisado a partir de fileiras de livros que serviam como rede, uma rolha de garrafa como bola e uma caixa de charutos como raquete. No entanto, como se sabe, o esporte foi se modernizando, especialmente quanto aos equipamentos. 

Mas, é Ping-Pong ou Tênis de Mesa

E não dá para continuar a leitura sem falar dessa confusão entre os termos. Assim, com a ideia da brincadeira, muitas empresas começaram a criar, de forma comercial, os equipamentos do esporte. É aí que surge a polêmica dos termos. Vamos entender.

O motivo do nome Ping-Pong você conhece. Mas, saiba que a empresa inglesa J. Jaques registrou a marca em 1901. Assim, os outros fabricantes não podiam mais usar o nome de Ping-Pong. Por isso, tiveram que criar uma alternativa e ela foi: Tênis de Mesa.

No fim, sim, estamos falando do mesmo esporte. Mais tarde, Jaques vendeu os direitos para os Parker Brothers. E onde entra o James Gibb, um nome importante no Tênis de Mesa? Foi ele que criou a bola de celuloide. Mais tarde, a E.C. Goode inventou a raquete.

A popularização do Tênis de Mesa

Com esse histórico não vai ficar difícil entender como o esporte ganhou forças no mundo todo. A partir de 1901 vários torneios passaram a ser organizados no mundo todo. Além disso, livros começaram a ser escritos e houve até um Campeonato Mundial não oficial dele.

Tênis de Mesa ou Ping Pong? A história do Tênis de Mesa
Foto: (reprodução/internet)

Alguns anos depois, em 1921, nasceu a Associação de Tênis de Mesa e depois veio a Federação Internacional de Tênis de Mesa. Londres ficou como nome mais conhecido para o esporte quando sediou o Primeiro Mundial Oficial de Tênis, em 1927.

Aí não teve jeito: o esporte ganhou os holofotes do mundo quando se tornou um esporte olímpico, com a primeira participação em 1988, em Seul. As próximas mudanças que existiram foram na mudança de equipamentos, como bolas e raquetes. 

Os equipamentos do Tênis de Mesa

E já que falamos dos equipamentos, vale a pena mencionar alguns deles, que são imprescindíveis para o jogo acontecer. A mesa é o que dá suporte para o jogo. Ela é retangular e com lados verticais. É preciso ser de um material que faça a bola quicar. 

Aí vem os acessórios do Tênis de Mesa, como a bola. Talvez ela tenha sido o objeto que mais mudou desde o nascimento do esporte. Desde os Jogos Olímpicos de Sidney, elas passaram a ter diâmetro de 40 mm. Geralmente, são brancas ou laranja fosca.

A raquete é o que falta para uma partida de Tênis de Mesa começar. Ela pode ser de qualquer tamanho e peso, mas desde que tenha lâminas planas e rígidas. A maior parte deve ser de madeira natural e o lado dela deve ser coberto por uma camada de borracha.

As estratégias de jogo do Tênis de Mesa

Ainda que seja um esporte individual ou praticado em duplas, o Tênis de Mesa tem suas estratégias bastante diversificadas. Ou seja, há vários tipos de táticas que podem ser usadas para vencer os concorrentes e adversários.

Tênis de Mesa ou Ping Pong? A história do Tênis de Mesa
Foto: (reprodução/internet)

A Cato é uma delas. A ideia é fazer com que a bola tenha um giro oposto. Por isso, também se chama de movimento revés. Assim, o efeito faz com que a bola engane o adversário. Já Topspin é um efeito que vai dizer contrário ao Cato.

Logo, é usada como defesa e faz com que o giro da bola seja muito rápido. Driver é outro efeito de bola rápida. Mas, muito usado na tentativa de finalização de jogadas. Ela exige movimentos rápidos e o adversário só consegue bloquear se estiver muito atento.

A jogada mais incrível do Tênis de Mesa

Como curiosidade, esse tópico é para falar do chop. Conhece? Essa é considerada uma das jogadas mais interessantes e emocionantes do Tênis de Mesa. Nela, o jogador atinge a bolinha de cima para baixo. Ou seja, é um tipo de estratégia também.

O objetivo da tacada é desacelerar a velocidade da bolinha, fazendo com que ela quique poucas vezes e impossibilite a defesa adversária. E já que é para falar de curiosidades do Tênis de Mesa, nós temos mais uma, que você vai adorar conhecer.

Você sabia para participar de um torneio oficial de Tênis de Mesa, o atleta precisa ter uma raquete que é certificada pela Federação Internacional de Tênis de Mesa? Então, não adianta comprar a borracha e montar a própria raquete para essas partidas. 

Os campeonatos mundiais de Tênis de Mesa

Já falamos sobre o Tênis de Mesa nos Jogos Olímpicos e sobre os mundiais também. Mas, é legal contar um pouco da história também. O primeiro mundial oficial começou lá em 1926 e passou a ser disputado ano a ano. Mas, houve mudanças.

Tênis de Mesa ou Ping Pong? A história do Tênis de Mesa
Foto: (reprodução/internet)

A partir de 1957, o campeonato passou a ser bianual e a partir de 2003 se criou as modalidades em dupla e o individual. O que varia é que a cada 2 anos acontecem eventos em duplas e que são intervalados com outros 2 anos que acontecem os individuais. 

Os maiores campeões do Tênis de Mesa

Sem dúvidas, os maiores campeões passam pelo nome de Viktor Barna, que é um húngaro que tem 5 conquistas do Mundial Individual de Tênis de Mesa. Isso foi lá na década de 1930. Mais tarde, em 1980, o destaque ficou para suecos, como Jan-Ove Waldner, bicampeão.

Inclusive, ele foi o único não oriental a vencer uma Olimpíadas também. Aliás, em Jogos Olímpicos, a China é o maior destaque mundial, com mais de 30 ouros. Depois, vem a Coreia do Sul, o Japão e a Suécia. A Alemanha já ganhou 4 pratas.

Onde começar a praticar o Tênis de Mesa

Atualmente, com o advento da internet, muita gente tem começado a praticar o esporte por conta própria, através dos vídeos educativos. A verdade é que ele é um esporte que é muito usado como lazer em empresas, escolas e até mesmo em casa.

Ainda assim, quem pensa em se especializar pode procurar as aulas de Tênis de Mesa, que são oferecidas por escolas e por clubes, além das aulas particulares também. O investimento varia de lugar para lugar, assim como o valor para comprar equipamentos. 

ANÚNCIO