Aplicativo FGTS – Aprenda como consultar o extrato pelo celular

Você viu que saiu uma medida que vai liberar o saque do FGTS para todos os trabalhadores que têm saldo no fundo? É uma das medidas do governo para combater a crise financeira causada pela grave crise enfrentada recentemente.

Mas, como saber qual o valor que estará disponível para saque? Afinal, gastar tempo em fila para poder tirar a simples dúvida: Qual o saldo que eu tenho disponível? não é uma coisa legal, concorda? Como solução, a Caixa lançou um aplicativo oficial do FGTS.

ANÚNCIO

 Confira as informações que você encontrar aqui nesse artigo.

  • Informações sobre o FGTS;
  • Quem tem direito;
  • Como funciona o investimento com o FGTS;
  • Como baixar o aplicativo no celular;
  • Como consultar o saldo;
  • Saque e transferência.
Aplicativo FGTS – Aprenda como consultar o extrato pelo celular
Fonte: (Reprodução/Internet)

Como funciona o FGTS

O Fundo de Garantia por Tempo se Serviço (FGTS) é um direito que só quem é trabalhador com carteira assinada possui. Mensalmente, o empregadores depositam o percentual para ambarar os empregados caso sejam demitidos sem justa causa.

Aplicativo FGTS – Aprenda como consultar o extrato pelo celular
Fonte: (Reprodução/Internet)

Bem como para que o trabalhador possa adquirir um patrimônio, como por exemplo a casa própria. Quem administra essas transações é a Caixa Econômica Federal, já que os depósitos são realizados diretamente em uma conta bancária do banco vinculada ao trabalhador.

É importante frisar que as contribuições são obrigatórias e as empresas não podem descontar o valor do empregado. Lembrando que nem todos os trabalhadores tem direito ao FGTS, existem alguns requisitos a serem preenchidos.

ANÚNCIO

Quem pode receber

Para ter direito ao recebimento do FGTS o trabalhador precisa ter a carteira assinada. Isso porque todos os empregados com a CTPS devidamente registrada recebem todo o mês um depósito que equivale a 8% do valor do salário previsto na carteira.

Da mesma forma, os trabalhadores temporários tem direito ao FGTS porém num percentual menor, de 2% sobre o salário contratado. Por último, pode ser feito o pagamento do Fundo de Garantia aos empregados domésticos.

Todavia, neste último caso o empregador não está obrigado a realizar o depósito referente a 8% do salário. Para que o depósito possa ser feito, o trabalhador precisa estar matriculado no Cadastro Especial do INSS e inscrito na Previdência Social.

Como são efetuados os depósitos

Vamos agora falar do que mais interessa o trabalhador que tem direito ao FGTS, os depósitos. O recolhimento é realizado todos os meses e o empregador deve fazer o depósito referente a 8% do valor bruto do salário que consta na CTPS.

Aplicativo FGTS – Aprenda como consultar o extrato pelo celular
Fonte: (Reprodução/Internet)

O valor deve ser enviado para uma conta na Caixa Econômica Federal no nome do empregado. Como dito anteriormente, no caso dos trabalhadores de contrato temporário o depósito é equivalente a 2% sobre o salário bruto.

É importante informar que, além do salário, também é levado em conta para o depósito do FGTS o pagamento do décimo terceiro, férias e abono, interrupção do contrato de trabalho, adicionais noturnos e horas extras.

Multa dos 40% e outras informações

Um fato a se atentar é que em casos de despedida sem justa causa, o empregador é obrigado a pagar multa rescisória correspondente a 40% sobre o salário previsto na carteira de trabalho.

Ainda que um percentual do valor seja sacado anteriormente, a multa será computada sobre o valor integral dos depósitos efetuados durante todo o período do contrato de trabalho com o empregador.

Também, é bom informar que ainda que o trabalhador esteja afastado por acidente de trabalho, tratamento de saúde, licença maternidade/paternidade ou prestação de serviço militar é devido o depósito do FGTS.

Rendimento do FGTS

Você sabia que é possível investir o seu FGTS e fazê-lo render um pouco mais? O valor depositado pode render 3% ao ano, mais a atualização da Taxa Referencial (TR), a mesma que remunera a poupança.

Aplicativo FGTS – Aprenda como consultar o extrato pelo celular
Fonte: (Reprodução/Internet)

Muita gente tem dúvida sobre o que fazer o montante. A pergunta é: deixo ou não na conta? Apesar do Fundo de Garantia já ter sido uma opção ruim de rendimento, em cenários de Taxa Selic baixa isso pode mudar.

Só o rendimento de 3% a.a +TR do rendimento do FGTS já é superior ao retorno dos investimentos atrelados à Taxa Selic, de em média 2,25%. Outro ponto favorável é que Fundo de Garantia não tem desconto do Imposto de Renda, diferente da maior parte dos investimentos em renda fixa.

Vale a pena manter o dinheiro na conta?

A resposta é: depende. Se o seu objetivo é pagar uma dívida com o dinheiro do FGTS a melhor opção é fazer o resgate do valor. Afinal, o cheque especial e o rotativo do cartão de crédito possuem juros altíssimos.

Entretanto, se o seu intuito é retirar o dinheiro para aplicá-lo em poupança, a melhor alternativa é manter o dinheiro na conta. Atualmente, a poupança está rendendo 70% da Selic. Logo, o retorno financeiro do FGTS investido supera significativamente o rendimento da poupança.

Se você pensa em realocá-lo para investimentos de renda fixa como o Tesouro Selic ou CDB, por exemplo, vão pagar praticamente o mesmo da taxa básica de juros além de incidir o desconto do Imposto de Renda. Por tanto, pode não ser uma opção interessante.

Aplicativo FGTS – como se cadastrar

Então, muito do que só era possível resolver indo à agência bancária, agora pode ser feito do conforto de sua casa, a hora que quiser. Aliás, com essa digitalização dos bancos, realizar operações financeiras estão ficando cada vez mais simples, até mesmo para investimento na bolsa de valores.

Aplicativo FGTS – Aprenda como consultar o extrato pelo celular
Fonte: (Reprodução/Internet)

O aplicativo FGTS é bem simples de ser usado.  Pode ser baixado nas principais lojas de dispositivos móveis para celular, como Play e App Store. É muito bem avaliado por seus usuários, tendo mais de 4 estrelas de avaliação na loja do Google.

Depois de instalado, será preciso fazer um cadastro, que é bem simples. Ao entrar nele, será possível fazer o login e, caso não tenha um cadastro ainda, na parte de baixo tem a opção “cadastre-se”, basta clicar nela.

Mais informações

Então, será direcionado para uma página onde precisará preencher com seus dados (Nome completo, CPF, e-mail etc), feito isso, precisará abrir seu e-mail e entrar no link de confirmação. Após isso, terá que passar por um processo de verificação de segurança da Caixa e pronto, já pode começar a usar o app.

Funções do aplicativo

Com o aplicativo, será possível realizar diversas operações que antes eram possíveis apenas em uma das agências, e existem algumas outras novidades bem interessantes, o que facilita a vida de muitos trabalhadores na obtenção de informação. Para saber como fazer seu cadastro, confira o vídeo abaixo para saber mais detalhes

Pelo aplicativo é possível consultar o saldo, tirar um extrato, saber do valor disponível, e se quiser, pode fazer uma solicitação de saque. Outra função bem legal do aplicativo, que é uma novidade, é que é possível cadastrar uma conta de outro banco.

Ou seja, caso você não tenha uma conta na Caixa, poderá cadastrar a sua conta bancária, recebendo o crédito do FGTS nela, sem precisar ir à uma agência, ou lotérica, bem legal né? E para contar com tudo isso, basta fazer o download da ferramenta e aproveitar.

Como baixar o app

O aplicativo está disponível nas mais diversas lojas de dispositivos móveis, e em todas elas e o download é gratuito. O processo de download não é diferente dos realizados em outros programas, logo, não existem maiores dificuldades para contar com a ferramenta.

Confira o passo a passo de como baixar o aplicativo FGTS:

  • Para fazer o download do app, basta se dirigir ao Google Play ou Apple Store;
  • Após acessar a página, clique na opção “Instalar”;
  • Depois disso, basta aguardar o donwload ser finalizado para começar a usufruir de suas funcionalidades.

Dito isso, o próximo passo é  consultar o extrato. O processo é muito simples, pois existe uma funcionalidade para isso dentro do aplicativo. Para isso, depois de acessar a função, basta visualizar os dados e conferir se já é possível realizar o saque.

Consultando o saldo pelo site

Além desse método, também é possível consultar o extrato através do site da Caixa. Depois de acessar o portal, basta fazer o preenchimento com os dados pessoais e pronto, já é possível visualizar a quantia presente em conta.

Aplicativo FGTS – Aprenda como consultar o extrato pelo celular
Fonte: (Reprodução/Site da Caixa)

Sobre o saque do FGTS, existem algumas condições específicas, como demissão sem justa causa, invalidez e algumas outras condições que não são tão agradáveis. Contudo, é possível também realizar o saque aniversário, que segue um calendário da Caixa.

Contudo, para combater a crise causada pela recente quarentena, o governo liberou um saque emergencial, em que todos os trabalhadores terão direito a um saque de, no máximo, um salário mínimo (R$ 1.045,00).

Saque e transferência

Para os trabalhadores que queiram contar com a quantia, basta baixar o aplicativo e conferir a quantia que está em conta para realizar o saque. Além disso, para os preferirem, no próprio app é possível transferir o saldo para outra conta, facilitando o processo.

Dica importante

Uma das medidas de segurança da Caixa para habilitar o aplicativo no celular é confirmar uma série de dados, como período em que trabalhou em uma empresa, mês de admissão, de demissão, de forma que estar com a carteira de trabalho na hora pode ajudar. 

Enfim, para facilitar você pode usar o aplicativo da CTPS digital, que estará com todos os contratos de trabalho de forma simples e resumida, sendo uma ótima ferramenta para quem precisa comprovar qualquer experiência.

ANÚNCIO