Tesouro direto – saiba como investir

ANÚNCIO

Investimentos vão para obras públicas e você ainda recebe de volta (juros)

Devido à alta rentabilidade e às taxas baixas, o Tesouro Direto teve um expressivo crescimento entre os brasileiros. O Tesouro direto nada mais é do que uma porta de entrada em investimentos financeiros, pois ele apresenta poucas taxas e menores riscos de perda.

ANÚNCIO

Para começar a investir é necessário pouco mais de R$ 30,00 e os riscos são muito baixos. Por esses motivos o tesouro direto é uma boa opção de investimento seguro.

Tesouro direto
Foto: (reprodução/internet)

De forma mais simplificada, o tesouro direto é uma espécie de empréstimo feito ao Estado, na qual o investidor será reembolsado com juros.

O Tesouro direto foi criado no ano de 2002 pela Bovespa e o Tesouro Nacional, com o propósito de tornar o investimento acessível para todos. Desde a sua criação mais de 2,8 milhões de pessoas já se cadastraram no site.

ANÚNCIO

Contudo, antes de investir no Tesouro Direto é importante analisar bem sobre o programa, ver quais as são as vantagens e desvantagens, saber se a rentabilidade irá agradá-lo, entre outros fatores.

Como funcionam os títulos do Tesouro Direto

O Tesouro direto, possui algumas categorias, e é preciso conhecer qual a categoria mais adequada antes de investir. 

Os investimentos feitos no Tesouro direto vão para obras públicas de educação, saúde e infraestrutura. Sendo assim, a pessoa que investe está empregando o dinheiro na melhoria das condições da cidade, além de ganhar um título no tesouro direto.

As categorias do Tesouro direto são:

Prefixadas: possui taxa de vencimento fixa, além disso pode ser feito através de uma simulação e você saberá quanto irá receber até o dia em que a data de vencimento encerrar.

Atrelado à inflação: são considerados híbridos, uma vez que suas taxas são constituídas por uma parte fixa e uma variável. Essa categoria oferece um juros de inflação bem alto ao investidor.

Indexado à taxa Selic: esta categoria concede ao investidor um retorno semelhante ao da taxa Selic. Aqui, os juros sempre renderão de forma positiva, e portanto ele é considerado a categoria mais estável

Como investir?

O primeiro passo para investir é conhecer o seu perfil de investidor. A partir da resposta para essa pergunta, você poderá realizar o simulador de investimentos e saber qual dos tipos de tesouro é mais rentável de acordo com o seu perfil de investidor.

Existem muitos sites que oferecem simuladores de investimentos com valores bem parecidos com a realidade. Estes simuladores oferecem um comparativo entre as categorias, o que faz tudo ficar mais visual  para o investidor, e consequentemente mais fácil também.

Escolhida a categoria, os passos a seguir devem ser seguidos para realizar o investimento no Tesouro Direto:

  • Abra a sua conta no site de alguma corretora de valores;
  • Veja a sua plataforma de investimentos e saiba quais são as opções para investir;
  • Baseado no simulador de investimentos, escolha a melhor opção e invista. Isto deve ser decidido com calma e confiança.

Agora que as informações acima, você poderá tomar o primeiro passo e investir. 

Tornar-se um investidor é um grande passo para um futuro de sucesso e realizações profissionais!

ANÚNCIO