Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo

Você sabia que as maravilhas do mundo se dividem entre as antigas e as modernas? Hoje, você vai conhecer todas, mas especialmente as mais antigas. Aliás, de todas elas apenas uma continua de pé e você vai ver qual é nos próximos tópicos.

Curiosamente, essas maravilhas quase sempre estão ligadas às construções monumentais que foram feitas desde há muito tempo. Algumas de mármore, outras de pedra e as de ouro. O que importa é que são obras da arquitetura que impressionam até hoje. Confira.

ANÚNCIO
Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo
Foto: (reprodução/internet)

As arquiteturas das maravilhas do mundo antigo 

Para introdução das maravilhas do mundo, o que a gente acha legal de conhecer é que a arquitetura como um todo foi se modificando e isso você vai acompanhar com a leitura do texto. A mais antiga que se tem notícia é a arquitetura do Egito. Depois, a Grega, Romana.

Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo
Foto: (reprodução/internet)

Logo em seguida, vem a arquitetura da Idade Média. Aí começa a se falar da romântica, gótica, barroca, neoclássica, moderna, pós-moderna e a contemporânea. Por exemplo, as pirâmides são da arquitetura do Egito, obviamente. 

Já a grega tem o Partenon como principal referência da sua simetria. A romana aprece com mosteiros, bibliotecas, circos, aquedutos e pontes. Na Idade Média,  tem a romântica e a gótica. Depois, a moderna, onde entra a barroca, neoclássica e moderna. 

E antes da arquitetura do Egito?

Se você é alguém curioso, pode ter se perguntado aí o que veio antes do Egito, não é? Será que a arquitetura não é estudada antes disso? Na verdade, esse período é chamado de pré-história e traz sim os primeiros monumentos do homem, a partir do uso da pedra. 

Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, o abrigo era uma construção das sociedades primitivas. Eram obras criadas pelos ameríndios, africanos, aborígenes, etc. Aí logo a gente pula para a antiguidade, que é quando começamos a falar da arquitetura egípcia. 

Mas, o que é legal saber até isso é que muitos estudiosos falavam do mito da cabana primitiva, que conta sobre a invenção da casa de madeira, com quatro paredes e telha de duas águas. Estamos diante de uma arquitetura rudimentar, com madeiras, pedras, metais. 

A arquitetura mais antiga do mundo

Ah, um último tópico antes de a gente falar das maravilhas antigas, considere que apesar de não estar na lista, a gente tem uma que é considerada a arquitetura mais antiga do mundo. Inclusive, ela é objeto de estudo para entender o surgimento das civilizações.

Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo
Foto: (reprodução/internet)

Estamos falando de um lugar chamado Gobekli Tepe, que fica na Turquia e tem mais de 11 mil anos. É considerado o templo mais antigo do mundo, muito mais do que as pirâmides do Egito. Hoje, ele é um Patrimônio da Humanidade pela Unesco. 

A obra vem antes mesmo da cerâmica, da escrita ou da roda. Logo, é uma construção que fica entre 8 hectares próxima da cidade de Sanliurfa, sendo uma colina artificial com estruturas circulares enterradas e com calcário. Agora, vamos ao título do artigo!

7 – Farol de Alexandria

A construção do farol foi entre 280 e 247 a.C. Ela tinha entre 120 e 137 metros de altura e ficou marcada em todos os livros de história pela sua beleza arquitetônica. Sempre foi vista como uma das estruturas mais altas do mundo. 

Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo
Foto: (reprodução/internet)

Porém, como várias maravilhas que veremos abaixo, ela foi destruída por terremotos. Nesse caso, foram pelo menos 3 deles, o que fez com que o lugar se tornasse uma ruína abandonada. O farol foi feito no Reino Ptolomaico por Sóstrato de Cnido.

A obra entra na categoria de arquitetura helenística. Curiosamente, a partir de 2015 vários esforços têm sido feitos para reestruturar algumas das maravilhas que não existem mais. Assim, há planos para se criar um museu subaquático nas ruinas da Alexandria.

6 – O colosso de Rodes

Rodes era uma cidade que venceu a invasão da Macedônia. Com isso, uma estátua do titã-deus do Sol, Hélios, foi erguida bem na entrada da cidade. A cidade recebeu ajuda de Ptolomeu I do Egito e venceram o inimigo comum, o Antígono Monoftalmo. 

Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo
Foto: (reprodução/internet)

Ela foi feita de bronze e tinha 33 metros, com peso acima das 70 toneladas. A estrutura foi feita com barras de ferro para amarrar as placas de latão. O interior tinha um pedestal de mármore branco, que foi preenchido com blocos de pedra.

Era um feito e tanto para aquela época, já que estamos falando de 280 a.C. O colosso tinha um faro na mão direta que era para orientar os navegantes. Só que a obra só durou até 226 a.C. quando foi destruída por um terremoto.

5 – O mausoléu de Helicarnasso

De todos os nomes, possivelmente, esse aqui é o menos conhecido entre as 7 maravilhas do mundo antigo. Mas, a história dele vale a pena ser contada também. A construção aconteceu no ano de 353 a.C. E foi onde atualmente fica a cidade de Brodum, na Turquia.

Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo
Foto: (reprodução/internet)

O que aconteceu foi que a rainha Artemísia II teria encomendado um templo luxuoso para cobrir os restos mortais do marido, que era o rei Mausolo. Conforme as tradições, o lugar tinha 45 metros de altura e foi decorado por vários escultores gregos. 

A destruição aconteceu entre os séculos XII e o século XV por consequentes terremotos. Aliás, Helicarnasso era o nome da cidade que o Mausolo criou para manter os navios inimigos à distância. E todas as construções da cidade, como essa, foram feitas com impostos.

4 – O templo de Artemis

Ao ver a imagem abaixo você pode se surpreender. Mas, mesmo sem ver, já daria para ter uma ideia. Afinal, imagine só 127 colunas de mármore com mais de 20 metros de altura. Cada uma delas formava o templo mais famoso do mundo, que ficava no Éfeso.

Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo
Foto: (reprodução/internet)

Aliás, até hoje é chamado de o maior templo do mundo. A construção foi feita lá no século VI a.C. Mas, devido a um incêndio, a obra de arte da arquitetura foi destruída. Depois, Alexandre, o Grande, ainda fez uma reconstrução. Mas, hoje só se tem uma única coluna em pé. 

Entre todo o tempo, além de terremotos, saques também fizeram com que o lugar fosse esquecido. Arqueólogos alemãs estão trabalhando em uma possível reestruturação. Aliás, para quem não sabe, a Artemis é uma deusa grega, gêmea de Apolo. Era uma caçadora virgem.

3 – A estátua de Zeus

Na mitologia grega, Zeus é um dos deuses mais importantes. Ou seria o deus grego mais importante? O que nós queremos dizer é que ele tinha uma estátua por um bom motivo. Ela ficava no Santuário de Olímpia, na Grécia e iluminava quem passava ali.

Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo
Foto: (reprodução/internet)

Trazia o deus sentado e tinha aproximadamente 13 metros de altura. O criador dela foi o grego Fídias, que fez a maravilha no ano de 435 a.C. Para a construção, ele usou placas de marfim e painéis de ouro em uma estrutura de madeira. 

A estátua foi destruída no século V e hoje mantém apenas ilustrações para refrescar a memória. A estátua tinha uma estatueta de Nice, a deusa da Vitória, na mão direita. E na esquerda, uma esfera com uma águia. Na imagem acima dá para ver os detalhes.

2 – Jardins suspensos da Babilônia

Essa maravilha já foi tema de música e, portanto, você deve saber do que estamos falando. O problema é que são pouquíssimos os relatos oficiais de que esse lugar existiu de fato. Sabia? Isso o deixa como sendo uma beleza ainda mais icônica ou de interesse público.

Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo
Foto: (reprodução/internet)

O que se imagina é que os jardins foram feitos pelo rei da Babilônia, chamado de Nabucodonosor. Ele queria homenagear a esposa. Por outro lado, alguns estudiosos dizem que eles teriam sido feitos onde hoje fica Hillah, no Iraque, mas não há vestígios.

Na teoria, os jardins eram compostos por 6 montanhas artificiais que formavam terraços, quedas de água e muita vegetação. Se existiu ou não, ninguém conseguiu provar. Mas, deveria ser um lugar lindíssimo, você não acha que daria para passar as férias lá?

1 – A grande pirâmide de Gizé

A verdade é que essa é a única maravilha do mundo antigo que ainda está viva. É claro que desde então ela vem sofrendo várias reformas ou atualizações, de todo modo ainda sobrevive ao tempo e continua sendo uma bela paisagem.

Conheça as 7 maravilhas do mundo antigo
Foto: (reprodução/internet)

A pirâmide fica no Egito, na Necrópole de Gizé, daí vem o nome. De fato, é uma grande pirâmide, que faz parte de um trio. Todas foram construídas durante 20 anos e até hoje gera estudo porque ninguém sabe ao certo como foram feitas. Afinal, isso foi em 2.560 a.C.

O que se sabe é que ela foi feita para ser um mausoléu do faraó Queóps. Atualmente, é cartão-postal do país e plano de fundo para muitos turistas garantirem as suas fotografias para o Instagram. O Egito, por sinal, é um dos destinos mais visitados do mundo.

As 7 maravilhas do mundo moderno

Para quem ficou curioso, saiba que há alguns anos criou-se também várias divisões para falar de maravilhas do mundo. Existem aquelas aquáticas, as terrestres, as mais altas, do novo milênio, entre muitas outras. O mais bacana é que tem lugares variados no mapa.

Mas, a ideia que mais se tornou aceita foi a da criação das 7 maravilhas do mundo moderno, que traz monumentos e também paisagens ou cenários. Fazem partes das 7 maravilhas, não necessariamente nessa ordem de posição: Chizén Itzá, Coliseu, Taj Mahal, Machu Picchu, Muralha da China, Ruínas de Petra e Cristo Redentor.

ANÚNCIO