Veja como criar uma horta em casa

A internet nos possibilitou aprender tudo. Parece exagero, mas não é. E isso nós podemos provar nesse conteúdo: você vai ver que dá para criar uma horta em casa com alguns passos simples. Aliás, alguns cuidados. Além do mais, nem é preciso ter faculdade para isso, viu.

Então, se você está em busca de informações sobre aquelas mini hortas caseiras ou se quer aprender a criar uma horta com as crianças ou até mesmo sobre hortas para espaços pequenos, continue lendo. O nosso conteúdo está bem completo e divertido. 

ANÚNCIO
Veja como criar uma horta em casa
Foto: (reprodução/internet)

O objetivo da horta caseira

A primeira coisa é entender a sua motivação para ter uma horta em casa. Não, não. A gente não está falando que você tem que ter um plano de negócios imenso, nada disso. Mas, você tem que saber se vai plantar hortaliças, as que mais gosta, se é para ensinar as crianças etc.

Veja como criar uma horta em casa
Foto: (reprodução/internet)

Até mesmo porque a ideia das hortas caseiras caiu no gosto de todo brasileiro. Em um primeiro momento, é uma ótima ideia para quem fica em cidades do interior. Hoje em dia, também é uma alternativa para pessoas das grandes capitais e centros urbanos. Ao plantar com crianças, os benefícios são:

  • O contato com a natureza;
  • O conceito de paciência;
  • A educação alimentar;
  • A responsabilidade ambiental;
  • Os vários aprendizados na área da “ciência”.

É por isso que entre as maiores buscas da internet, a gente encontra termos como “hortas caseiras em espaços pequenos”, “como criar uma horta em apartamento” e “como fazer a própria comida com uma horta caseira”. E hoje você vai ver as melhores dicas disso tudo.

A busca pelo conhecimento

Se você quer criar uma horta em casa para ensinar educação sustentável para as crianças ou se é para ter uma alimentação mais saudável e livre de agrotóxico já não importa mais. Agora é hora de buscar conhecimento para realizar esse objetivo.

E essa busca pode ser simples e barata, como através de textos como esse ou em vídeos tutoriais do YouTube também. Aqui, o que queremos que você considere é sobre os pontos importantes, que passam pelo cultivo, as espécies, o tempo e outras características do plantio.

Ah, e só para você ter uma ideia, alguns estudos indicam que durante a pandemia, a busca por “como plantar uma alface” cresceu mais de 600% nos principais mecanismos de buscas do mundo. Ou seja, é um tema em alta e com muita informação boa por aí. Vamos lá!

Como começar a criar a horta caseira

A primeira coisa importante, já falando da parte técnica de como criar a horta em casa, tem a ver com o sistema de drenagem. Ele é importantíssimo para o plantio correto. Por exemplo: se você vai plantar em vasos, eles precisam ter profundidade para que desenvolva as raízes.

Veja como criar uma horta em casa
Foto: (reprodução/internet)

Depois desse estudo da profundidade, considere que folhas secas podem servir como forma de manter a umidade da terra por mais tempo. Ou seja, ela serve como adubo. Aliás, na hora de usar terra, pense naquela que já é adubada e orgânica, elas são ótimas. Em suma, você vai precisar de:

  • Vasos;
  • Substrato (adubo);
  • Manta (argila expandida ou areia);
  • Sementes ou mudas (falaremos disso no fim do artigo).

Para finalizar a ideia do sistema de drenagem do seu vaso que vai fazer nascer temperos e hortaliças, considere que vale a pena usar a manta de drenagem, como a areia. Abaixo dessa manta, dá para ter pedras ou argila também. E o vaso tem que furos embaixo, ok?

O plantio das sementes

Em um segundo passo, após o sistema de drenagem da sua horta, vem a questão das sementes, que também pode gerar dúvidas em quem está fazendo isso pela primeira vez. Qual é a dica? Não afundar muito a semente na terra. Isso pode “travar” o crescimento delas.

O segundo ponto também é bacana: usar um borrifador para o menor fluxo de água. Assim, isso evita que a semente seja desenterrada. Ah, vale a pena molhar a terra antes e depois da semeadura, está bem? A parte da semente é bem simples e basicamente isso.

Um último ponto que você precisa saber sobre as sementes é que as plantas crescem em ritmos diferentes. Por isso, na hora de colher, vale a pena tomar cuidado com o que você está criando. O mesmo vale para o espaçamento entre as sementes e a necessidade de luz. 

Como criar uma horta caseira em espaços pequenos

Atualmente, morar em apartamento ou casas pequenas já não é mais desculpas para quem quer ter a própria horta caseira, viu. Isso porque o cultivo caseiro é uma realidade para todos, até mesmo para quem tem esse pouco espaço físico, se é que podemos falar assim. 

Veja como criar uma horta em casa
Foto: (reprodução/internet)

Vários especialistas já provaram que basta um espaço de 30 centímetros de comprimento e com profundidade que permite a plantação de 2 espécies em casa. No entanto, para isso, vale muito a pena pesquisar as melhores opções para esse espaço. Sobre o local ideal para hortas caseiras, ele deve ter:

  • Recebimento de luz solar em alguma parte do dia;
  • Podendo ser em sacadas, varandas, quintais e até lavanderias;
  • Hoje em dia, está em alta também a ideia de fazer hortas de parede.

Ah, e tem outra coisa: qualquer horta caseira vai precisar de pelo menos 4 horas de luz direta do sol por dia para se desenvolver. Além do mais, a ventilação de ar natural também é importante, mas não pode ser corrente de ar o dia todo, está bem?

O acompanhamento do desenvolvimento

Sabendo dessas partes mais teóricas e essas dicas fáceis, vem a questão do crescimento da sua horta caseira. Afinal, não basta plantar e achar que amanhã cedo a mágica vai acontecer, ok? É bacana que se faça um tipo de acompanhamento diário dela.

As plantas, como você bem sabe, precisa de água e nutrientes para crescer. Obviamente, não se tem uma regra única sobre a quantidade de água. Porém, todas precisam de água. A falta de água faz com que elas morrem e o excesso… também. Então, cuidado com isso. 

Sobre a “alimentação” da sua horta, considere que isso deve acontecer com adubos e foi por isso que falamos sobre os orgânicos. A quantidade e os intervalos variam de espécie para espécie. No caso da alface, os adubos acontecem apenas no plantio.

O que plantar na sua horta caseira

Um segundo ponto bastante importante para quem vai criar a horta caseira é sobre o que plantar. Isso vai depender muito do seu nível de experiência e espaço que tem em casa. A dica, sem dúvida alguma, tem a ver com começar pelas culturas que são mais fáceis.

Veja como criar uma horta em casa
Foto: (reprodução/internet)

E quais são elas? Um bom começo é o plantio de alface, que é considerado de nível iniciante. Isso faz todo sentido para quem quer aprender como plantar alface, como mencionamos acima, né? As folhas de alface têm cultivo fácil, ciclo curto e pode ser colhido em várias etapas. Outras ideias são:

  • Rúcula;
  • Manjericão;
  • Salsão;
  • Coentro;
  • Cheiro Verde;
  • Orégano;
  • Tomilho;
  • Couve;
  • Cebolinha;
  • Espinafre;
  • Rabanete;
  • Cebola.

Outra boa ideia é o alecrim, que é um tipo de tempero e ótima ideia para iniciantes na arte do plantio caseiro. O cultivo é simples e usual. Em termos de experiência, mesmo quem nunca plantou na vida vai conseguir fazer essa façanha se usar o alecrim como primeira tentativa. 

O que não plantar na horta caseira

Entenda que a ideia não é dizer que você não pode plantar isso ou aquilo. Mas, a gente quer dizer que essas opções são bem mais difíceis para quem não tem experiência no assunto. Então, primeiro se especialize nos itens mais fáceis e só depois pule para essa etapa.

Mas, do que estamos falando, exatamente? Por exemplo, da cenoura. Ela é um tipo de raiz que exige ao menos o “nível médio” de conhecimento. Elas até podem ser produzidas em vasos, porém, eles devem ser bem fundos para que a plantação caseira dê certo.

Outra ideia é sobre tomates. Nesse caso, aliás, é preciso ter um nível de conhecimento bastante avançado. O tomate tem um ciclo muito longo e que exige uma relação de adubação-água bastante intensa. Por isso, raramente são plantados em hortas caseiras. 

Dica bônus: semente ou mudas?

A gente falou bastante aqui no texto sobre o plantio de sementes, correto? Mas, também existe a opção de mudas ou de propágulos, que são estruturas das plantas, como galhos. Ambas opções podem valer a pena para você. Algumas hortaliças plantadas com sementes são:

  • Coentro;
  • Rúcula;
  • Alface;
  • Pimenta de cheiro e murupi;
  • Tomate cereja.

Para quem está começando nesse tema, com certeza, as mudas acabam sendo mais indicadas porque tem um processo de desenvolvimento da semente mais avançado, com raiz desenvolvida. Para quem quer ver o crescimento completo, a ideia das sementes é melhor.

ANÚNCIO